Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Informadouro

Éramos Douro... agora somos mundo!

Informadouro

Éramos Douro... agora somos mundo!

Em Castelo Rodrigo as Sopas e Migas são um Festival

Divulgação

A tradição vai ser servida à mesa em Figueira de Castelo Rodrigo.

O Pavilhão de Desportos transforma-se em sala de degustação, durante os dias 4 e 5 de novembro, para o 2º Festival de Sopas e Migas.

A gastronomia assume no concelho não só um papel sociocultural e económico importante como também é um dos principais motores do turismo de Figueira de Castelo Rodrigo.

 

Período crítico de incêndios prorrogado até 15 de novembro

Nuno André Ferreira/Lusa/ZAPaeiou

O período crítico de incêndios foi prorrogado até 15 de novembro.

O despacho do Gabinete do Secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, publicado em Diário da Reública, refere "a provável ausência de precipitação significativa" como a causa para "manter a adoção das medidas e ações especiais de prevenção de incêndios florestais". 

Este despacho mantém as proibições de uso de fogo como queimadas ou o lançamento de fogo de artificio. 

Almofala prepara-se para a "Caminhada de Outono"

Divulgação

A caminhada de outono é por Almofala, dia 4 de novembro, mas os participantes têm concentração marcada para as nove da manhã no Centro Cultural de Figueira de Castelo Rodrigo. Daí seguem de transporte em direção à Igreja Matriz de Almofala onde se inicia a caminhada.

Ao longo do percurso de 10km os participantes terão oportunidade de apreciar as paisagens que faz de Almofala "um jardim, não havendo no Mundo um lugar assim".

O custo para fazer esta caminhada de dificuldade média é de cinco euros com direito a almoço.

Em novembro Vila Real serve Outono à Mesa

Divulgação

Os sabores de outono vão estar em destaque nas ementas dos restaurantes de Vila Real nos fins de semana de novembro. A iniciativa promovida pelo município de Vila Real e a Associação Portuguesa de Hotelaria, Restauração e Turismo realiza-se pelo quarto ano consecutivo e leva à mesa o melhor da gastronomia transmontana.

Assim, dia 3, 4 e 5 de novembro haverá para degustar nos restaurantes aderentes o “joelho de porca e, nos dias 10, 11 e 12 será servida a “Floresta à Mesa” onde as castanhas, os cogumelos silvestres e o javali estarão em destaque na ementa.

O terceiro fim-de-semana de novembro será dedicado a uma especialidade gastronómica tipicamente vila-realense, as Tripas aos Molhos. No fim-de-semana de 24,25 e 26 de novembro, no menu estará em destaque a Reca D’Aleu, um prato inovador e diferenciador da gastronomia local, inspirado nas tradições ancestrais de confeção da carne de porco que se apresenta como o novo ícone gastronómico de Vila Real.

A Adega Regional Passos Perdidos; Bons Tempos Restaurante e Petiscos; Curva 24 refeições e petiscos, Hotel Quinta do Paço; Restaurante A Viúva; Restaurante Convívio; Restaurante Grill O Costa; Restaurante Maranus; Restaurante Miraneve; Marisqueira Restaurante Terramar, Le Buffet – Hotel Miracorgo, Restaurante Paulo, Restaurante Stop, são os restaurantes aderentes desta quarta edição do “Outono à Mesa”.

Há açorda de bacalhau, arroz de Sanchas ou feijoada típica: o Serranias está de volta!

Divulgação

 

Revisitar costumes, hábitos e tradições populares: é este o mote da terceira edição do "Serranias", o "festival de sabores e tradições" de Soutosa, em Moimenta da Beira. 

A edição deste ano decorre no fim de semana de 4 e 5 de novembro. O programa tem diversos eventos como a "genuína matança do porco, o matabicho tradicional, magusto com jeropiga (grátis), pão caseiro feito tradicionalmente em forno comunitário, grupos de cantares ao vivo pelo recinto do festival e uma feirinha de venda de produtos locais e regionais", diz a município em comunicado. Há também um raid fotográfico pelo património religioso, no sábado, e uma caminhada com observação de aves no domingo.

A juntar a estas atividades, há também os sabores: almoços e uma ceia com pratos tradicionais feitos "em potes de ferro sobre as brasas da fogueira". 

A animação musical estará a cargo da Orquestra CemNotas (dia 04, às 20h30) e do cantor Ruizinho da Penacova (dia 05, 16h). 

A entrada para cada almoço ou ceia tem um custo de seis euros por pessoa. As inscrições para os almoços e para a ceia podem feitas pelo email soutosa@gmail.com ou pelo telemóvel 918090074. 

Programa

4 novembro (sábado)

08h00: Tradicional Matança do Porco

09h30: Raid Fotográfico – Património Religioso

10h00: Tradicional Matabicho

12h30: Tradicional Almoço da Matança do Porco
(Ementa: Açorda de Bacalhau, Sarrabulho, Torresmos, Batatas Cozidas, Papas de Ralão, Maçã de Moimenta da Beira)

14h30: Conferência “A vespa das galhas do castanheiro no concelho de Moimenta da Beira. Dispersão e luta”, por José Gomes Laranjo. ‘RefCast – Associação Portuguesa da   Castanha”

16h00: Ginástica

16h30: Magusto Tradicional com jeropiga (grátis)

18h00: Atuação do Grupo de Cantares da Câmara Municipal de Moimenta da Beira

19h30: Tradicional Ceia da Desmancha do Porco
(Ementa: Ossos da Suã e Entrecosto, Batatas Cozidas, Papas de Ralão, Maçã de Moimenta da Beira)

20h30: Atuação da “Orquestra CemNotas”

 

5 novembro (domingo)

09h00: Caminhada com observação de aves (se tiver, leve binóculos)
Devolução à natureza de uma ave

12h30: Almoço típico da época

(Ementa: Arroz de Sanchas (míscaros), Feijoada típica, Arroz Doce)

14h30: Atuação do “Diatónicos, Grupo de Tocadores de Concertinas”

16h00: Concerto do artista “Ruizinho da Penacova”

 

Ao longo do dia: Feirinha de produtos locais e regionais

 

Pág. 51/51