Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Informadouro

Éramos Douro... agora somos mundo!

Informadouro

Éramos Douro... agora somos mundo!

Viana do Castelo aprova mais de 78 milhões de euros para Plano de Atividades e Orçamento para 2018

Município de Viana do Castelo

O Plano de Atividades e Orçamento para 2018 da Câmara Municipal de Viana do Castelo regista um aumento de cinco por cento relativamente a 2017, cifrando-se agora nos 78.479 milhões de euros. O documento foi aprovado pela Assembleia Municipal e reforça as apostas na economia, na formação e na coesão territorial e social.

As grandes apostas assentam na consolidação da estratégia do incremento do acolhimento empresarial, reabilitação urbana, educação e cultura bem como, economia do mar e coesão social e territorial das freguesias. Neste âmbito, há mesmo um reforço técnico-financeiro de cinco por cento em relação ao orçamento anterior para as freguesias.

Para 2018 e seguintes estão ainda previstas verbas para infraestruturas de saneamento, abastecimento de água e recolha de bio resíduos e compostagem familiar. Estão também previstas intervenções de requalificação das escolas Frei Bartolomeu dos Mártires e EB2.3/S de Barroselas e o reforço dos apoios sociais aos alunos com fragilidades económicas.

Na cultura, desporto e tempos livres, o destaque vai para a conclusão do novo Pavilhão Atlântico, nova pista de atletismo de Mazarefes e requalificação da antiga Praça de Touros para Praça Viana, bem como a requalificação e ampliação do Museu de Artes Decorativas e do antigo matadouro da cidade.

No que toca ao incentivo à reabilitação urbana, esta irá manter uma linha de continuidade nos próximos dois anos através do Plano de Desenvolvimento Estratégico de Viana do Castelo, com investimentos nas freguesias de Meadela, Areosa, Darque, Monserrate e Santa Maria Maior e a requalificação de equipamentos e espaços públicos e edifícios de habitação social na ordem dos 14 milhões de euros.

Arcos de Valdevez é o concelho do Alto Minho com maior redução do desemprego

Município de Arcos de Valdevez

Segundo o Instituto do Emprego e Formação Profissional, no Alto Minho, a redução de 2560 desempregados entre outubro de 2016 e outubro de 2017 traduz uma descida de 28,27 %. O concelho de Arcos de Valdevez é o que apresenta maior redução: 40,46 %, comparando com outubro de 2016.

O município tem 540 inscritos no Centro de Emprego, menos 367 que os 907 que existiam em outubro de 2016.

“Esta é uma boa notícia para o concelho que vê refletido nos números os esforços que o Município tem feito para promover o empreendedorismo, desenvolvimento e atração empresarial” refere em comunicado a autarquia.

O investimento por parte do Município nos parques empresariais, nas iniciativas de dinamização do turismo e do comércio e na agricultura são o reflexo disso. “Estas medidas são implementadas para tentar criar e atrair mais empresas, gerando mais emprego, promovendo o rendimento e o desenvolvimento, de forma a melhorar a qualidade de vida dos seus munícipes”.

O desenvolvimento empresarial no meio rural também tem sido objeto de atuação e com o fundo de financiamento local "ARCOSFINICIA", o Município visa dinamizar a atividade económica local, promovendo o aparecimento de novas iniciativas empresariais e apoiando a expansão de atividades já em desenvolvimento.

“Estas são boas notícias para território já que com estes investimentos as empresas apoiadas irão ampliar a sua área de produção, produzir novos produtos inovadores e, consequentemente, fica a garantia de que existirá mais emprego”.

 

Câmara de Matosinhos homenageia Guilherme Pinto

Carlos Ramao_porto24.pt

Um ano passado sobre o falecimento de Guilherme Pinto a Câmara Municipal de Matosinhos presta homenagem, no dia 8 de janeiro, ao ex-presidente da autarquia.

Pelas 12 horas irá decorrer uma cerimónia solene de deposição das cinzas de Guilherme Pinto no columbário do Cemitério de Sendim. Mais tarde, pelas 21h30, decorrerá no Salão Nobre dos Paços do Concelho uma evocação do homem, do político e do autarca, na qual tomarão a palavra o padre Américo Aguiar, diretor do Secretariado Nacional das Comunicações Sociais da Igreja e presidente da Rádio Renascença, Manuel Pizarro, dirigente do Partido Socialista, o conselheiro de Estado António Lobo Xavier e a presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, Luísa Salgueiro.

Guilherme Pinto nasceu em Matosinhos em 1959 e faleceu a 8 de janeiro de 2017, tendo presidido à Câmara Municipal de Matosinhos entre 2005 e a data da sua morte. Licenciado em Direito pela Universidade de Coimbra, foi deputado da Assembleia da República e da Assembleia Municipal de Matosinhos, entrando para a vereação da autarquia em 1989. É responsável por um legado de modernidade, inovação e criatividade que contribuíram para o reforço do Poder Local Democrático em Portugal.

Para além das funções exercidas como autarca, desempenhou outros cargos de grande relevo nacional e internacional. Guilherme Pinto foi cofundador da Fundação da Juventude e da Casa da Música.

Bragança, Terra Natal e de Sonhos recebeu mais de 70 mil visitantes

Município de Bragança

Bragança recebeu entre o dia 1 de dezembro de 2018 e 1 de janeiro de 2018 mais de 70 mil visitantes. O balanço da quarta edição da Terra Natal e de Sonhos foi feito pela autarquia que se congratula por “milhares de famílias” que escolheram conhecer o concelho nesta quadra.

Município de Bragança

A principal atração das mais de 70 mil pessoas foi a Pista de Gelo, com mais de 17 patinadores, numa média diária de 588 pessoas. Sendo que no dia 8 de dezembro (feriado em Portugal e Espanha), foi batido o recorde de afluência: 1.071 patinadores. As receitas de bilheteira (1 euro por 20 minutos de utilização) reverteram, integralmente, para as Associações Humanitárias de Bombeiros Voluntários de Bragança e de Izeda.

Os visitantes puderam conhecer também na Praça Camões, a Árvore de Natal gigante, o Mercadinho de Natal, a Casa do Pai Natal, a Mini-Roda, o Comboio Infantil, o Coreto de Natal, o Carrossel e o Baloiço. E um pouco por toda a Cidade de Bragança assistiram a miniconcertos pelas três bandas de música do Concelho, Banca de Natal, Presépio ao Vivo, Iluminação de Natal e Arte no Natal – oficinas para crianças, entre muitas outras.

Porque Natal é sinónimo de generosidade e de partilha, o Município preparou para a quarta edição de Bragança, Terra Natal e de Sonhos, iniciativas solidárias, como o I Trail Urbano Noturno Solidário que contou com a participação de mais de 350 pessoas, e durante o qual foram angariados (resultado das inscrições) 1.868 euros, doados, na totalidade, à União das Misericórdias Portuguesas, para as vítimas dos incêndios.

Já em Natal a Pedalar, 150 Pais-Natais pedalaram por uma boa causa: doar roupa ou brinquedos às crianças da Obra Kolping.

Ao promover “Bragança, Terra Natal e de Sonhos”, o Município de Bragança visa, sobretudo, promover o comércio tradicional, animar a cidade, dinamizar a economia local e promover o turismo, numa época especialmente marcada por sentimentos de união, amor, solidariedade, confraternização e esperança num futuro melhor.

 

 

Bamos a cantar ls Reis em Miranda do Douro

Divulgação

O "XV Encontro de Cantares dos Reis  - Bamos a cantar ls Reis" vai ter como palco o Salão de Festas de Duas Igrejas, Miranda do Douro, dia 06 de Janeiro, pelas 21 horas.
As terras de Miranda ricas em cultura tradicional têm na música uma das facetas mais importantes e nesta época há muitas freguesias que têm grupos de cantares dos reis com “modas” muito bonitas. 
Neste Encontro podem participar todos quantos queiram, rapazes ou raparigas, novos ou velhos que se inscrevam atempadamente na autarquia.
No final haverá um lanche de confraternização entre todos os participantes.

Em Moimenta da Beira os Reis cantam-se de casa em casa

Divulgação

A paróquia de São João Baptista de Moimenta da Beira vai assinalar a Festa dos Reis, com os cantares próprios desta quadra, de casa em casa.

Os elementos das várias estruturas da paróquia (Conselho Pastoral, Conselho Económico, Grupo Coral, Catequistas, MMF, AO, etc) vão organizar-se em três grupos diferentes: um começa no Alto de Fornos; outro no Alto do Facho; e outro no Alto do Pombo.

Das 19h30 às 21h30, dia 5 (se as condições climatéricas permitirem), 7, 8 e 9 canta-se os Reis. As ofertas recolhidas serão para fazer face às despesas com as obras que estão a decorrer dentro da Igreja, na Capela do Santíssimo.

Concerto de Reis: De Viena a Holywood no TEMPO - Teatro Municipal de Portimão

Divulgação

A Orquestra Filarmónica Portuguesa, sob direção artística do maestro Osvaldo Ferreira, apresenta no TEMPO – Teatro Municipal de Portimão, hoje, 5 de janeiro, pelas 21h30, o Concerto de Reis 'De Viena a Hollywood'.

De entrada livre, mas de marcação e reserva de bilhetes, o concerto já se encontra esgotado. Na primeira parte vai ouvir-se Strauss e Kaiser Waltzer. Na segunda parte o público será brindado com um Medley Natal seguindo-se um reportório hollywoodesco com a orquestra a executar temas como New York, New York, um Medley 007, Higlights, Piratas das Caraíbas e Star Wars.

Terras do Infante reforça equipas de Sapadores Florestais

Terras do Infante

A “Terras do Infante – Associação de Municípios” iniciou o ano com uma aposta na preservação e conservação das áreas florestais do seu território, admitindo três novos sapadores florestais que irão integrar as equipas já existentes de Aljezur e Lagos.

Os novos elementos passam a integrar o quadro de pessoal da Associação que, nesta vertente, está dotado de 15 sapadores (3 equipas compostas por 5 elementos), distribuídos e a exercer funções nos territórios dos três concelhos.

Ações de limpeza e desmatação de terrenos, abertura e manutenção de aceiros, vigilância e primeira intervenção são as tarefas que este renovado contingente de pessoal irá desenvolver, completando assim as equipas já existentes e em funções.

A Associação foi criada no ano 2000 tendo em conta as necessidades comuns de ordenamento, gestão e preservação dos recursos florestais, congregando os Municípios de Aljezur, Lagos e Vila do Bispo, sob uma designação que evoca afinidades históricas e um legado cultural comum personificado na figura do Infante Dom Henrique.  

Estrada Nacional 10 entre Póvoa de Santa Iria e Alverca vai sofrer obras de requalificação

Divulgação

A Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, ao abrigo do seu Plano de Ação de Mobilidade Urbana Sustentável (PAMUS), vai avançar com a 1.ª Fase do Projeto de Requalificação da EN10, criando uma rede ciclável e pedonal que, na sua totalidade, irá estender-se desde a Póvoa de Santa Iria (junto ao viaduto de acesso ao Parque Logístico Marinhas D. Ana) até Alverca do Ribatejo (junto à rotunda da Slveira). Um investimento aproximado de 6,6 milhões de euros, co-financiados através de Fundos Comunitários (Programa Portugal 2020).

Esta 1.ª Fase de intervenção tem um prazo de execução de 365 dias, abrange 5,2 kms, dotando este troço da EN10 com uma rede de infraestruturas que potenciam uma mobilidade urbana sustentável e amiga do ambiente. A obra que será agora objeto de concurso público inclui ainda a execução de passeios, eliminação de barreiras arquitetónicas, renovação de mobiliário urbano, iluminação pública e abrigos de passageiros.

A autarquia espera contribuir desta forma para a promoção de hábitos e estilos de vida saudáveis aos cidadãos, uma vez que, a intervenção irá representar uma transformação deste troço da EN10 numa avenida urbana, criando um corredor verde ao longo da via.

Recorde-se que já existe no Concelho de Vila Franca de Xira uma rede de ciclovias com 11 kms de extensão, no Caminho Ribeirinho entre Vila Franca de Xira e Alhandra (4,5 kms) e no Parque Linear Ribeirinho do Estuário do Tejo entre Póvoa de Santa Iria e Alverca (6,5 kms). O Município tem a ambição de completar 100 km de ciclovias no seu território.

Odivelas: Concerto de Ano Novo

Divulgação

A Câmara Municipal de Odivelas e o Conservatório de Música D. Dinis dão continuidade à tradição com o Concerto de Ano Novo para dar as boas vindas a 2018.

A Igreja Nossa Senhora Rainha dos Apóstolos, situada na Ramada recebe o evento no próximo dia 13 de janeiro, pelas 21h30.

O repertório, composto por músicas clássicas de Natal, será executado pelos alunos do Conservatório de Música D. Dinis.