Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Informadouro

Éramos Douro... agora somos mundo!

Informadouro

Éramos Douro... agora somos mundo!

Maria Pereira representa os Açores no concurso Miss Portuguesa 2018

Município da Praia da Vitória

Maria Pereira, natural da Praia da Vitória, irá representar a Região Autónoma dos Açores no concurso Miss Portuguesa, que decorrerá a 28 de julho, em Gondomar. A representante açoriana foi eleita Miss Portuguesa Açores, no passado mês de dezembro, numa cerimónia realizada na ilha de São Jorge.

A jovem foi recebida, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, pelo presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória que referiu ser “um grande orgulho” ter uma praiense a representar os Açores num concurso de âmbito nacional, “o que contribuirá significativamente para enaltecer o nome do nosso Concelho e da nossa Região”, realçou Tibério Dinis.

A Miss Portuguesa Açores, considerou que nestes concursos, “a beleza não é assim tão importante como a maioria das pessoas pensa”. Maria Pereira diz haverem outros critérios que se sobrepõem, dos quais “destaco a postura, o comportamento individual e em grupo, a personalidade e a cultura geral”.

Maria Pereira arrecadou ainda os títulos de Miss Desporto e Miss Talento.

Teatro de Vila Real recebe Cantadores de Janeiras

Divulgação

O Encontro de Cantadores de Janeiras comemora 25 anos no palco do Teatro Municipal de Vila Real, no próximo dia 13 de janeiro, sábado, às 14h30.

A fiel participação dos Grupos ao longo deste quarto de século, alguns dos quais têm assinalado a sua comparência desde o primeiro ano, tem contribuído para a preservação desta tradição popular bem como para a pesquisa, recolha e registo de um repertório popular que, de outra forma, se perderia.

Para assinalar o 25º aniversário do Encontro, o Município de Vila Real irá oferecer um jantar de confraternização entre as 22 coletividades que este ano participarão no Encontro, num total de cerca de 500 pessoas envolvidas.

Clube Douro Mágico promove ciclo de debates sobre região vinhateira

Divulgação

A Douro Generation – Associação de Desenvolvimento e a Rede de Aldeias Vinhateiras do Douro promovem no âmbito do Projeto “Douro em Movimento, Aldeias com Vida”, um conjunto de 5 Encontros para debater várias temáticas, tendo como principal objetivo “promover o empreendedorismo na região”.

O Museu do Douro recebe amanhã, 11 de janeiro, o primeiro encontro que terá como tema “Turismo 2027- Desafios e Oportunidades”. Uma oportunidade para abordar a Estratégia do Turismo 2027 à qual se seguirá uma Mesa Redonda para debater o tema, procurando respostas para questões “Como estimular e promover o empreendedorismo na área do turismo na região do Douro? Quais as oportunidades? Quais são os fatores bloqueadores e como os ultrapassar?“

Dos oradores fazem partes elementos do Turismo de Portugal, da PriceWaterCoopers, Vidago Palce, Douro Azul e Taylor´s.

Nos encontros seguintes, sempre a decorrer no Museu do Douro (Régua) ou no Regia Douro Park (Vila Real) vão debater-se outros temas ligados às Indústrias Criativas, Agrobussiness, o Vinho e o Empreendedorismo.

Esta ação insere-se num conjunto de atividades que visam contribuir para a “preservação, valorização e promoção do Alto Douro Vinhateiro e das Aldeias Vinhateiras do Douro”, numa perspetiva de maior desenvolvimento da região e das comunidades que nela vivem e trabalham.

Inscrições

Associação Vale d’Ouro comemora 10 anos com novas propostas culturais e mudança de imagem

Divulgação

A Associação Vale d’Ouro, fundada em 24 de junho de 2008, assinala décimo aniversário com novo logótipo e o anúncio de várias atividades para comemorar a data.

“Este é um ano muito importante para a instituição” considera Luís Almeida, Presidente da Direção desde a sua fundação, uma vez que também será um momento para “incentivar os seus associados (270 no final de 2017), parceiros, amigos e colaboradores a ajudarem a definir os caminhos a seguir pela instituição”.

O IV Encontro de Associações do Vale do Douro agendado para o próximo dia 17 de fevereiro em Alijó, a X Mostra de Teatro do Douro prevista para abril e maio e a IV Gala da Academia de Artes Douro e Tâmega são alguns dos eventos que habitualmente a instituição organiza e que este ano farão referencia aos dez anos da sua fundação.

Para assinalar o aniversário, a Associação Vale d’Ouro pretende ainda organizar o Grande Debate do Douro, evento em que espera poder contribuir para discussão de algumas das problemáticas da região.

A Gala de Aniversário realizar-se-á no último sábado de outubro onde haverá lugar para distinguir sócios honorários, contar a história da associação e apresentar também algumas propostas culturais.

O logótipo da instituição também sofreu alterações. Cada cor tem um significado próprio: o teatro, a dança, a paisagem, o rio e a história da instituição. Mantem-se a forma circular do anterior logótipo em representação da união que a Associação Vale d’Ouro sempre procurou fomentar em todas as suas atividades.

Igrejas de Ribeira de Pena enchem-se de música para toda a população

Divulgação

O Município de Ribeira de Pena tem oferecido à população uma série de concertos que têm tido como palco as Igrejas do concelho. O objetivo foi o de aproximar o público da música de câmara e ao mesmo tempo dinamizar espaços patrimoniais.

Município de Ribeira de Pena

Depois do quarteto de sopros “Trompas Lusas” terem levado um reportório clássico que incluiu temas de Henry Purcell, John Bennet, John Sebastian Bach, entre outros à Igreja Matriz de Limões e os madrigais ingleses e peças de Sebastian Bach, Bruckner ou Mendelssohn à Igreja de Santa Marinha chegou a vez dos “Ensemble Vocal Pro Música” encerrarem este ciclo com um Concerto de Reis na Igreja Matriz de Cerva.

Esta viagem pelo património cultural e pela música erudita prossegue dia 13 de janeiro, com um Concerto de Ano Novo na Igreja do Divino Salvador, pelo Grupo Vocal Ançã-ble que “se revestirá de uma beleza única na interpretação deste grupo suis generis que faz dos laços familiares o lugar coral de excelência”.

Esta sexta-feira, 12 de janeiro, pelas 20h30, a Igreja de Alvadia recebe a iniciativa Vamos Cantar 2018 - As mais belas canções em Concerto de Ano Novo da Nossa Aldeia. Dia 14 de janeiro é a vez da Igreja de Canedo acolher a iniciativa pelas 20h00.

image002.jpg

image001.png

 

 

 

 

Tomar: Sabacheira já tem Espaço do Cidadão

Município de Tomar

Depois de Asseiceira e de Junceira é a vez de Sabacheira ter um Espaço do Cidadão em Vale dos Ovos. Tomar passa a contar com três equipamentos do género e, segundo a presidente da Câmara, Anabela Freitas, “não ficará por aqui”. Na inauguração do novo espaço a autarca revelou que se “está já a trabalhar no próximo, que ficará situado na freguesia de S. Pedro”. O objetivo diz, Anabela Freitas, “é ter serviços de proximidade com os munícipes, em especial junto das populações mais idosas e com maior dificuldade de deslocação”.

O Espaço do Cidadão da Sabacheira fica situado provisoriamente nas instalações da Junta de Freguesia em Vale dos Ovos, juntamente com a Loja Social, embora, segundo o presidente daquela autarquia, António Graça, se pretenda que venha a funcionar futuramente na estação ferroviária, “ali bem perto”, algo que “está a ser negociado com as Infra-estruturas de Portugal”.

No local poderão ser realizadas diversas operações como a renovação do cartão de cidadão ou da carta de condução, mas também outros serviços como consultas relacionadas com formação ou ofertas de emprego do IEFP, por exemplo. Estará aberto de segunda a sexta-feira das 10 às 12 e das 13 às 16 horas. Destinado prioritariamente aos utentes da freguesia, aquele espaço está aberto, no entanto, a todos os cidadãos, residentes ou não no concelho de Tomar.

Vila Franca de Xira: Eixos “Povos-Quinta da Grinja” e “Santa Sofia-Quinta da Mina” vão ser requalificados

Município de Vila Franca de Xira

A Câmara Municipal de Vila Franca de Xira vai lançar os concursos com vista à requalificação do espaço público nomeadamente, os Eixos “Povos-Quinta da Grinja” e “Santa Sofia-Quinta da Mina”. Estas duas intervenções representam um investimento total superior a 4.300 mil euros, apoiados por Fundos Comunitários (no âmbito das candidaturas submetidas pelo Município e aprovadas pelo Programa Portugal 2020).

A concretização destes projetos irá traduzir-se numa reconfiguração destas áreas da cidade, criando novas zonas de circulação e de fruição do espaço público.

No caso do Eixo Povos-Quinta da Grinja, cujo investimento é de cerca de três milhões de euros e com um prazo de execução de 396 dias, a intervenção obedece à estratégia do Município para as intervenções de regeneração física previstas no PEDU – Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano de Vila Franca de Xira. Tem como principal objetivo a qualificação dos espaços públicos envolventes aos edifícios de habitação e aos bens patrimoniais classificados, com especial destaque para o Pelourinho de Povos. Está prevista a modernização de espaços verdes e infraestruturas, melhoria das condições de acessibilidade e mobilidade urbana e a criação de um Parque Desportivo na Quinta da Grinja. Com uma área de 17,6 ha, a obra a realizar divide-se por três zonas: Quinta da Grinja (limite sul); Lugar de Povos; Bairro Municipal de Povos, Parque Residencial de Povos – Quinta do Cabo e Cooperativa de Povos (limite norte).

No Eixo Santa Sofia-Quinta da Mina destaca-se a criação, através do eixo Parque Santa Sofia / Centro de Vila Franca de Xira, de um “corredor verde” de estruturação urbanística que permitirá estabelecer a ligação e a expansão entre o Parque Urbano Dr. Luís César Pereira e o núcleo antigo da cidade de Vila Franca de Xira. Numa área de intervenção com aproximadamente 86.000 m2, está prevista a criação de uma praça arborizada (atravessada pela Ribeira de Santa Sofia) que formará duas áreas relvadas de recreio e lazer. Será também concretizado o alargamento da Travessa do Cerrado (atual Rua Octávio Pato), com a criação e ampliação de passeios, novos parques de estacionamento e a arborização do local com seis novas árvores de grande porte, assegurando assim melhores condições de acessibilidade/mobilidade e de segurança numa via que atualmente oferece grandes constrangimentos de circulação rodoviária e pedonal. As zonas a requalificar incluem: Expansão e Entrada do Parque Urbano Dr. Luís César Pereira; articulação entre a cidade de Vila Franca de Xira e o Bom Retiro; Quinta da Mina; Bairro de Santa Sofia, Quinta do Bulhão e acesso à Escola Alves Redol. O investimento previsto é de 1.390 mil euros, tendo os trabalhos um prazo de execução de 300 dias.

 

Lagos vai integrar Observatório de Segurança Alimentar

Divulgação

O Município de Lagos será um dos concelhos do Algarve que fará parte de um projeto piloto que visa a criação de um Observatório de Segurança Alimentar e de uma estratégia de combate às situações de insegurança alimentar.

O programa de ação deste projeto, liderado pela Associação In Loco, terá uma duração de um ano e contará com uma equipa pluridisciplinar que conta com nutricionistas, chefs, antropólogos, sociólogos e o apoio empenhado de uma rede regional de técnicos municipais e das entidades públicas e privadas que operam na área social.

O projeto será desenvolvido em parceria com a Administração Regional de Saúde (ARS Algarve), com a AMAL (e responsáveis pelas Comissões Locais de Ação Social), com a Universidade do Algarve e com a Segurança Social.

A primeira etapa do projeto já se encontra concluída e consubstanciou-se num trabalho de campo, realizado durante dois meses, em todas as freguesias do Algarve, avaliando o acesso dos agregados familiares a uma alimentação saudável e económica.

Município de Guimarães é finalista em duas categorias do Green Project Awards

Divulgação

A Câmara Municipal de Guimarães tem dois projetos na lista de finalistas da 10ª edição do Green Project Awards 2017, em duas categorias: Gestão Eficiente de Recursos, com o projeto Academia de Ginástica de Guimarães – Modelo de Carbono Zero, e Iniciativa de Mobilização, com o EducaBicla.

A Academia de Ginástica de Guimarães é um edifício ambientalmente de referência, construído com materiais inovadores, tecnologia de ponta e um elevado grau de eficiência energética, ao consumir a energia produzida pelo próprio imóvel. Localizada perto do Parque da Cidade, nas imediações da Escola Santos Simões, o equipamento integra o processo de candidatura que Guimarães apresentou à Capital Verde Europeia 2020.

O EducaBicla é um projeto educativo que visa sensibilizar os cidadãos para os modos ativos e para hábitos mais sustentáveis. A bicicleta é uma opção de mobilidade urbana que não dispensa uma aprendizagem técnica e cívica para que seja utilizada de forma segura e responsável. Com início em 2016, cerca de 1600 alunos das escolas básicas do concelho de Guimarães frequentaram o curso EducaBicla e adquiriram o Cartão do Ciclista Urbano.

Os projetos vencedores serão anunciados na conferência “Cidadania e o Futuro da Sustentabilidade” que se realizará na próxima sexta-feira, 12 de janeiro, na Alfândega do Porto, numa cerimónia em colaboração com a Câmara Municipal do Porto e a Lipor. Distribuídos por dez categorias, os projetos finalistas distinguem-se pela inovação e pela promoção de boas práticas ambientais.

Museu Marítimo de Ílhavo regista maior número de visitantes de sempre

Museu Maritimo de Ilhavo

O Museu Marítimo de Ílhavo (MMI) fechou o ano de 2017 com o maior número de visitantes da sua história: 85 427. No ano em que comemorou o seu 80º aniversário o MMI reforça a condição de museu municipal com mais público em Portugal colocando-se entre os maiores museus portugueses.

Sala da Faina MMI

A qualidade e singularidade do museu marítimo reconhecido em diversos países, o facto de dispor de um aquário de bacalhaus e de um navio-museu e a dinâmica da programação e oferta de atividades orientadas para a cultura do mar são os fatores que proporcionaram o crescimento sustentável de visitas.

Os números alcançados em 2017 relacionam-se, também, com a programação especial que assinalou os oitenta anos de vida do Museu, com a reabertura aos domingos e com os efeitos positivos do afluxo de turistas a Ílhavo, à região de Aveiro e ao centro de Portugal.

Durante o ano de 2018, o MMI registará um milhão de visitantes desde que abriu portas, ampliado e renovado, em 2001.

Este mês arrancou com a nova programação do Museu que começou com as Visitas à Bolina, nos dias 6 e 7 de janeiro, e com o 5.º Aniversário do Aquário dos Bacalhaus que se assinala a 13 de janeiro.

Aquario dos Bacalhaus MMI

As comemorações desta data são sobretudo dedicadas à família, com dois momentos que permitirão, por um lado, experimentar a tranquilidade e a beleza do Aquário dos Bacalhaus e, por outro lado, conhecer mais acerca do silencioso mundo destes habitantes das águas geladas do Atlântico Norte.

De manhã, a partir das 10:00, o Aquário ficará reservado a uma aula de Yoga para pais e filhos; à tarde, às 15:30, realiza-se uma visita especial que permitirá escutar o silêncio do fundo do mar. Durante este dia as visitas ao Museu Marítimo de Ílhavo são gratuitas, entre as 10:00 e as 18:00.

As inscrições para esta ação pode realizar-se até 11 de janeiro por telefone (234 329 990) ou por email (visitas.mmi@cm-ilhavo.pt).