Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Informadouro

Somos mundo!

Informadouro

Somos mundo!

Góis recebe equipamentos tecnológicas para prevenção de riscos

Youtube

Uma Estação Meteorológica, uma Estação Hidrométrica e um Sensor de Nevoeiro foram instalados em pontos estratégicos do território do Concelho de Góis. Este equipamento tecnológico foi atribuído ao município no âmbito de uma candidatura conjunta dos 19 municípios que integram a Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra (CIM RC), submetida ao POSEUR (Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos) e Portugal 2020.

A Estação Meteorológica faz a medição de diferentes parâmetros meteorológicos, tais como a temperatura, a humidade relativa, a direção e velocidade do vento e a precipitação. A Estação Hidrométrica permite a monitorização da altura da coluna de água do rio Ceira. O Sensor de Nevoeiro vai permitir antever uma situação em que ocorra uma grande concentração de nevoeiro, prevenindo a sinistralidade rodoviária.

A instalação destas ferramentas de monitorização está a ser coordenada pela CIM RC e foi feita de acordo com o Plano Intermunicipal de Gestão de Riscos, elaborado pelo Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra.

Arganil é o primeiro município a receber apoio para recuperação das casas afetadas pelo incêndio

Município de Arganil

Já foi oficializada a atribuição do primeiro apoio destinado à recuperação das habitações afetadas pelo incêndio de 15 de outubro. Em comunicado, a câmara municipal de Arganil considera que “a forma célere e eficiente como vai decorrendo o processo de candidaturas e o pleno entendimento entre a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR Centro) e o Município, registado desde o início do procedimento, permitem que Arganil se torne no primeiro Concelho a beneficiar do Programa de Apoio à Reconstrução de Habitações Permanentes”.

A atribuição das verbas decorrentes do Protocolo celebrado entre a autarquia e a CCDR Centro, visa a concessão de apoio às pessoas singulares e aos agregados familiares cuja primeira habitação foi danificada ou destruída pelas chamas, conforme previsto no Decreto-Lei n.º 142/2017, de 14 novembro.

Apoios que vêm permitir, neste início de ano, a recuperação do lar por parte de dezenas de famílias e que significam “a renovação da esperança para quem vai tentando tirar da memória o que de pior viveu em 2017”.

Município e Privados reuniram para desenhar estratégia de promoção do "Destino Guimarães"

Município de Guimarães

A vereadora do Turismo da Câmara Municipal de Guimarães, Sofia Ferreira, reuniu com vários stakeholders da área do alojamento do concelho para discutir a promoção turística do “Destino Guimarães” nos mercados interno e externo. Estiveram presentes cerca de 40 responsáveis do setor tendo os trabalhos sido divididos em categorias. Nomeadamente: Hotelaria, Alojamento Local, Pousada da Juventude, Turismo de Habitação e Turismo em Espaço Rural.

Do encontro resultou um entendimento na necessidade de executar trabalho conjunto e contínuo com os privados do setor do alojamento, designadamente na promoção turística do destino Guimarães nas feiras nacionais e internacionais e na elaboração de um plano de ação para a diversificação e valorização da oferta turística.

Já este mês, no stand do projeto Guimarães Marca da Feira “Heimtextil2018”, a realizar em Frankfurt, Alemanha, está prevista a divulgação da oferta turística das entidades que operam no concelho. Para finais de fevereiro, está a ser elaborado um plano de representação e participação no Stand de Guimarães da BTL2018 – Bolsa de Turismo de Lisboa.

Prazo de Votação no Orçamento Participativo de Lagos 2018 foi alargado

Divulgação

A Câmara Municipal de Lagos alargou o prazo de votação para o Orçamento Participativo por considerar este “ser um mecanismo de democracia participativa e voluntária que assenta na participação direta dos cidadãos na governação no Município”. Dezembro era o mês inicialmente definido para encerrar as votações nas propostas apresentadas, mas os feriados e a quadra natalícia retiraram muitos dias, no entender da autarquia, a todos os interessados em participar ativamente nesta iniciativa.

Recorde-se que das 34 propostas apresentadas, passaram para a fase da votação 20 propostas, que vão desde a instalação de ilhas ecológicas, passando por requalificações de ruas e jardins, até à construção de um Dog Parque ou de um Parque de Street Workout.

Nesta edição podem votar todos os cidadãos com idade igual ou superior a 16 anos que se interessem pelo município (designadamente, residentes permanentes ou temporários, proprietários, estudantes e trabalhadores), mediante a apresentação de documento de identificação nos locais de votação.

O período de votação decorrerá assim até 31 de janeiro de 2018, sendo que os locais de voto são no Edifício Paços do Concelho Séc. XXI ou nas Juntas de Freguesia do concelho.

Conheça, mais detalhadamente, as 20 propostas em votação nesta edição e saiba tudo sobre o OP Lagos 2018 no site do município.

Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis destaca Castro Marim pelas boas práticas na saúde e qualidade de vida dos munícipes

Divulgação

O compromisso de continuar a promover o bem-estar e qualidade de vida das famílias, é assumido pelo presidente da Câmara Municipal de Castro Marim, Francisco Amaral, como uma prioridade. E foram as boas práticas implementadas em prol da saúde e da qualidade de vida da população que levaram à distinção da Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis, numa altura em que o organismo está a assinalar o seu 20º aniversário.

A autarquia de Castro Marim tem vindo a desenvolver mais auxílios e políticas sociais, algumas inovadoras a nível nacional, como o programa municipal de combate à obesidade, já com mais de 150 utentes. Outra das iniciativas de maior sucesso e com enorme melhoria da qualidade de vida dos envolvidos foi o programa de cessão tabágica, que totaliza atualmente cerca de 290 utentes e regista uma taxa de sucesso na ordem dos 85%.

A Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis, que promove um conjunto de iniciativas para dar a conhecer o trabalho que desenvolve e estreita a cooperação entre os associados, lançou uma publicação onde destaca as iniciativas e programas que se destacam entre 47 municípios parceiros.

Na Academia de Juventude e das Artes da Ilha Terceira há “Conversas às 8” sobre Educação

Divulgação

No bar da Academia de Juventude e das Artes da Ilha Terceira há este sábado, 13 de janeiro, “Conversas às 8”. Uma iniciativa que tem como tema: “Ser diferente num mundo de iguais”, na qual participam professores de necessidades educativas especiais; psicólogos e encarregados de educação.

“Este grupo de apoio, que funcionará num ambiente acolhedor e informal, tem como principal objetivo a partilha de conhecimentos e experiências entre pais, encarregados de educação, técnicos e outros intervenientes que tenham interesse em debater as problemáticas associadas à infância”, explicou Paula Ramos, vereadora responsável pela área Social.

A ação, promovida pelo departamento de Educação e Reabilitação na Comunidade da Associação Salão Teatro Praiense, contará ainda com a apresentação do livro “Especialmente”, de Flávia Medeiros.

“Conversas às 8” integra um ciclo de debates alusivos à área da Educação, e irão acontecer num sábado de cada mês (à exceção dos meses de agosto e dezembro).

“Pretendemos encontrar soluções que deem resposta aos desafios da parentalidade vigentes nas sociedades atuais, trazendo técnicos qualificados que possam esclarecer as dúvidas dos participantes”, acrescentou a autarca.

Durante as sessões, serão abordados temas como a adoção, as birras, o uso da chucha, o divórcio e alienação parental, a influência das redes sociais na educação dos mais novos, o excesso de atividades extracurriculares, a frustração e agressividade, os amigos imaginários e a importância da música.

 

Castro Daire está “De Mãos dadas com a Matemática V”

Divulgação

Já está no terreno a primeira etapa da 5ª edição do projeto “De mãos dadas com a Matemática”, desenvolvido pelo Município de Castro Daire em parceria com o Agrupamento de Escolas de Castro Daire.

Os 448 alunos das 14 escolas do 1º Ciclo do Ensino Básico do Agrupamento de Escolas de Castro são convidados a participar nesta ação que tem como objetivo incutir nas crianças o gosto pela matemática, desenvolvendo de forma lúdica o cálculo mental.

A apuração dos finalistas por escola e por ano de escolaridade irá decorrer ao longo dos meses de abril e maio. O apuramento dos três primeiros classificados por anos de escolaridade irá realizar-se no Auditório do Centro Municipal de Cultura, no dia 20 de junho.

Dia de Reis em Ribeira de Pena teve tocadores de concertinas, cantadores ao desafio e o Padre Fontes

Município de Ribeira de Pena

Cantadores e tocadores de Vieira do Minho, Barcelos, Fafe, Celorico de Basto, Ponte da Barca, Montalegre e Boticas rumaram a Ribeira de Pena para animar o 31º Encontro Nacional de Tocadores de Concertinas e Cantadores ao Desafio.

Município de Ribeira de Pena

Em Dia de Reis receberam-se os participantes no Salão Nobre dos Paços dos Concelho, seguindo-se uma arruada pela vila de Salvador. A Capela de Balteiro foi ponto de romagem obrigatória para a Celebração da Palavra. Um momento celebrado pelos Padres Carlos Rodrigues e José Patrício e o “mítico” Padre Fontes. A eucaristia foi enriquecida com Cânticos ao Menino proclamados com a sonoridade típica dos cantares ao desafio. Uma inovação que agradou e surpreendeu todos os presentes.

O convívio prolongou-se na sede da Associação Cultural, Desportiva e Recreativa de Balteiro tendo terminado com uma queimada abençoada pelo Padre Fontes.

IPCA já tem aplicação de visita ao campus

IPCA

 

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) já tem uma app para visitar o campus em realidade virtual.

Desenvolvida por quatro estudantes do curso de Engenharia em Desenvolvimento de Jogos Digitais, o realCampus, segundo a informação disponibilizada pelo IPCA, "transporta-nos para um novo mundo, numa era marcada de inovação tecnológica em que estamos a passar do analógico para o virtual". A aplicação, que estará disponível em breve para download na loja Google Play e nos canais de divulgação de oferta educativa e feiras pedagógicas, permite visitar o campus em realidade aumentada, permitindo "uma viagem pelos vários edifícios do IPCA, dando a possibilidade de quem está a conduzir a viagem, selecionar para onde quer ir e o que quer ver do Campus".

 

Maria José Fernandes, presidente do IPCA, diz que esta nova aplicação é "uma ferramenta fundamental para que os potenciais e novos estudantes fiquem a conhecer melhor a instituição que os vai acolher durante o percurso académico".

Já Tiago Romano, CEO da Wavefunction VR, refere que a "a realidade virtual já faz parte do presente, e será sem dúvida essencial no futuro". A startup, criada por quatro alunos do IPCA (Paulo Nunes, Pedro Marques, Tiago Romano e Vítor Marçal), foi convidada para desenvolver o realCampus para a instituição. Tiago Romano defende que "as aplicações desta tecnologia são vastas e é possível utilizá-la nas mais diversas áreas. Acreditamos que a realidade virtual será uma ferramenta importantíssima nas áreas do ensino e formação", conclui.