Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Informadouro

Éramos Douro... agora somos mundo!

Informadouro

Éramos Douro... agora somos mundo!

Secretária de Estado do Turismo na cerimónia de assinatura do protocolo "Góis SamartLand"

Município de Góis

A Secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, estará amanhã, 21 de março, em Góis, para presidir à cerimónia de assinatura do protocolo entre a autarquia e o Turismo de Portugal no âmbito do projeto "Góis SamartLand".

O evento decorre no ãmbito do programa Valorizar o Município de Góis e está agendado para as 11h45, no Salão Nobre da Câmara Municipal.

O financiamento destinado ao Concelho de Góis irá promover mais o melhor turismo, melhorar as acessibilidades digitais e ligar os princípios  e directrizes definidas para  2018 - Ano Internacional do Património Cultural.

Corre-se “Entre o Céu e a Terra” no NaturTrail de Monsaraz

Município de Reguengos de Monsaraz

A vila medieval de Monsaraz prepara-se para a corrida pedestre Monsaraz Natur Trail, onde irão participar 1275 atletas de Portugal, Espanha, Alemanha, Brasil, Bélgica, França, Itália, Moçambique, Roménia e Argentina.

O tiro de partida está agendado para as 9h00 do dia 25 de março. Monsaraz é o local de partida e de chegada das provas. “Vem correr entre o Céu e a Terra” é o mote com que a organização promove esta competição pelos trilhos da região da vila medieval.

Esta prova internacional organizada pelo quarto ano consecutivo pelo Grupo Desportivo Piranhas do Alqueva com o apoio da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz vai ter percursos de 44, 22 e 12 quilómetros de extensão, uma caminhada de oito quilómetros e dois trajetos para crianças e jovens.

Monsaraz Natur Trail 2017 (8).JPG

107 atletas vão disputar o Trail Ultra, de nível 2 de dificuldade, com 44 quilómetros de extensão e um acumulado de 1600 metros, enquanto o Trail Longo, também de nível 2, com um percurso de 22 quilómetros e um acumulado de 1090 metros terá 437 participantes. Os 485 atletas que vão correr no Trail Curto, de nível 1, terão um trajeto de 12 quilómetros com um acumulado de 600 metros.

Sem caráter competitivo, a organização preparou uma caminhada com oito quilómetros e pela primeira vez vai realizar dois Trail Kids para motivar os mais novos para a modalidade. Assim, haverá um para crianças entre os 6 e os 10 anos com um percurso de 850 metros de extensão e outro para jovens entre os 11 e os 15 anos com 1,7 quilómetros de trajeto.

À semelhança de 2017, o Monsaraz Natur Trail vai ter como padrinhos os atletas Ezequiel Ezi e Carmen Henriques.

ETAR da Chamusca vai receber as águas residuais de Porto do Carvão

Município da Chamusca

A Águas do Ribatejo (AR) garantiu a aprovação da candidatura e financiamento para a construção de uma nova Estação Elevatória de Águas Residuais (EEAR), emissário e rede de drenagem das águas residuais de Porto do Carvão para a ETAR da Chamusca.

O objetivo é garantir o tratamento eficaz e seguro das águas residuais provenientes da Zona Industrial e da Zona Norte da vila e rua do Rone. Após o tratamento na ETAR da Chamusca, as águas limpas serão devolvidas ao Rio Tejo.

“É um investimento para melhorar a qualidade e segurança do saneamento no concelho da Chamusca onde a AR já investiu cerca de 10 Milhões de Euros desde 2010” considera o presidente da Câmara da Chamusca, Paulo Queimado, acrescentando que será também “uma medida de proteção do ambiente”.

A operação aprovada tem um valor estimado de 433.000 euros e será financiada em 85% pelo POSEUR PORTUGAL 2020, suportando a AR a comparticipação nacional.

A empreitada a lançar a concurso prevê a construção de uma estação elevatória de águas residuais, conduta elevatória e emissário no local da atual fossa séptica.

“Doçaria no Convento” exibe-se no Convento de Santa Clara em Guimarães

Município de Guimarães

Para reavivar memórias de outros tempos e “criar água na boca” na atualidade chega mais uma edição do programa “Doçaria no Convento” no Claustro do Antigo Convento de Santa Clara, atual Câmara Municipal de Guimarães.

A entrada é livre e, entre os dias 23 e 25 de março, o convite é para que visite a “cidade berço” para conhecer e deliciar-se com a doçaria conventual portuguesa, confecionada no respeito por tradições apuradas ao longo de séculos.

A abertura do evento é sexta-feira, 23 de março, às 21h00 e encerra às 23h30. No sábado, 24 de março, a “Doçaria no Convento” decorre das 10h30 às 23h30. No domingo, o horário é das 10h30 às 19h00.

Além dos doces típicos, estão previstos momentos de animação. Na sexta-feira haverá uma atuação musical do grupo Ensemble CANT’ARTE (22h00). No sábado, a partir das 11h00, será a vez do Quinteto de Metais da Banda Musical de Caldas das Taipas. Das 15h00 às 21h00, haverá animação pela Sol no Miral (Associação Cultural), que se repete no domingo entre as 12h30 e as 17h00. Ainda no sábado, às 19h00, atua o Coro Vilancico. No domingo, 25 de março, o Quinteto de Metais da Banda Musical de Caldas das Taipas volta a marcar presença às 11h30. E para encerrar o programa, às 15h00, está previsto a atuação do Grupo Coral Infantil e Juvenil de Pevidém e Grupo de Coros.

Museu da Baleia da Madeira continua a bater recordes de visitas

Município de Machico

 

O Museu da Baleia da Madeira (MBM) recebeu 27 361 visitantes nas suas exposições permanentes durante o ano de 2017, registando um aumento em relação ao ano anterior.

Entre 2014 a 2017 o Museu da Baleia tem vindo a registar uma subida nas visitas em cerca de 8.000 visitantes, um aumento de 38 pontos percentuais, refletindo “uma gestão equilibrada” por parte da Câmara Municipal de Machico que, desde 1990 detém a tutela do Museu.

Município de Machico

Em comunicado a autarquia realça ainda a importância na obtenção destes resultados “do contributo fundamental do pessoal afeto àquela unidade, nas várias vertentes de ação (cientifica, educativa e museológica)”.

O Museu da Baleia dá a conhecer a baleação madeirense e a biologia dos cetáceos. Em 2011, tornou-se num dos mais inovadores museus do género, conciliando recentes tecnologias de comunicação com o valioso acervo museológico que detém sobre a história da Caça à Baleia na Madeira.

Recentemente a autarquia, tendo em vista a promoção e valorização do Museu, investiu nos melhoramentos e relocalização da loja de merchandising, bem como no espaço de cafetaria, que se encontrava inativo, num esforço contínuo de captação de um maior número de visitantes, designadamente em termos de movimento turístico, de modo a projectar o Museu da Baleia como um dos espaços museológicos mais atractivos da região.

 

Dia Mundial da Poesia em Sátão serve-se com chá e música

Divulgação

A Biblioteca Municipal de Sátão vai encher-se de aromas de chá e notas musicais para comemorar o Dia Mundial da Poesia.

O terceiro Sarau decorre amanhã, 21 de março, pelas 20h30, com o propósito de promover a leitura e a escrita da poesia aliada à música, onde o cheiro dos livros povoará todos os participantes desta iniciativa.

Serão declamados poemas por pessoas de várias gerações.

Moimenta da Beira recebe a 12 e 13 de maio a 6ª Concentração de Telescópios

Divulgação

Em apensa dez dias inscreveram-se 106 pessoas e 43 telescópios e ainda faltam dois meses para o evento que pretende transformar-se na maior concentração de Telescópios do país.

“A nossa iniciativa está a ser divulgada junto de todos os Astrónomos, Grupos de Astronomia, Observatórios, Centros de Ciência Viva, Escolas e Comunicação Social, e estamos a contar com a presença de cerca de 300/350 pessoas e um número superior a 76 telescópios, batendo o nosso recorde de 2014”, afirma Paulo Sanches, o criador e impulsionador desta concentração.

Este ano a organização vai tentar internacionalizar a iniciativa, convidando para o efeito algumas Associações de Astronomia Espanholas, “próximas do nosso eixo fronteiriço”.

Paulo Sanches diz que o evento persegue vários objetivos, “sendo os principais: divulgar a Astronomia junto da comunidade; concentrar o maior número de telescópios num só evento ou local; dar a conhecer o céu ‘escuro’ da região; promover o concelho de Moimenta da Beira a nível nacional e internacional; e fomentar o conhecimento e convívio entre Astrónomos”.

Do programa desta 6ª edição destaca-se a participação do investigador Alexandre Cabral, do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço; dos representantes de algumas Associações/Grupos de Astronomia, nomeadamente de Lisboa (Licínio Almeida), Aveiro (José Matos) e Vila Nova de Gaia (Carlos Soares e Luís Lopes). A organização conta ainda com a colaboração da Associação Portuguesa de Astrónomos Amadores.

Os locais de realização da Concentração de Telescópios serão o Auditório Municipal Padre Bento da Guia e o recinto do Santuário de São Torcato, em Cabaços, onde será realizada uma Observação Noturna do Céu, aberta a toda a comunidade.

O programa contempla ainda a realização de um Passeio científico-cultural pelo concelho de Moimenta da Beira durante a manhã e tarde de domingo, incluindo uma visita ao Sistema Solar à escala do concelho e à Fundação Aquilino Ribeiro.

Divulgação

A primeira Concentração de Telescópios em Moimenta da Beira foi realizada em 2009, ano em que se comemorava o Ano Internacional da Astronomia, e a segunda no ano seguinte. Depois, a periodicidade passou a bianual: 2012, 2014, 2016.

Este ano o olhar vai estar fixado no céu no fim-de-semana de 12 e 13 de maio. A organização é do Clube das Ciências da Escola Básica e Secundária de Moimenta da Beira, com o apoio da Câmara Municipal.

Papagaios de papel vão colorir céu da Marinha Grande a 25 de abril

Município de Marinha Grande

A Câmara Municipal da Marinha Grande organiza, pelo sexto ano consecutivo, o concurso de construção e lançamento de papagaios. O principal objetivo continua a ser “fomentar a participação das crianças neste tipo de atividades tradicionais que se têm tornado pouco comuns, devido às mudanças do estilo de vida das famílias”, lembra a autarquia.

O concurso volta à cidade, como forma de celebração do 25 de abril. A iniciativa é destinada aos alunos das escolas do 1ºCiclo do Concelho, mas pretende o envolvimento das famílias. A construção pode ser realizada individualmente, por cada aluno e sua família, ou por escola.

A ficha de inscrição, entregue aos alunos em cada escola, deve ser devolvida devidamente preenchida no respetivo estabelecimento de ensino ou nas instalações do Arquivo Municipal, até 6 de abril.

Município de Marinha Grande

As três melhores construções, em cada categoria, individual e coletiva, serão premiadas após uma avaliação por parte de uma comissão independente, constituída por 3 elementos dos órgãos dos Agrupamentos escolares do concelho. Os papagaios tradicionais construídos pelos alunos serão avaliados tendo em conta 5 fatores distintos: capacidade de voo, beleza, materiais utilizados, criatividade e cor.

O lançamento das construções ocorrerá no Parque da Cerca, no dia 25 de abril, às 15h00, seguindo-se a entrega dos prémios aos vencedores.

Vouzela vai integrar rede internacional de Bio Regiões

Divulgação

O Município de Vouzela vai integrar a rede internacional de Bio Regiões. Será “uma forma de valorização de produtos típicos, tradicionais, endógenos, cada vez mais procurados pelos consumidores e que acrescentam valor à economia local”, adianta Rui Ladeira, presidente da Câmara Municipal de Vouzela.

Este projeto de âmbito europeu, criado em 2009 pela associação italiana de agricultura biológica e que abrange regiões como Cilento (Itália), a primeira Bio Região, Biovallé (França) ou Mühlviertel (Áustria) tem como foco o desenvolvimento de atividades de sustentabilidade ambiental nos territórios, como a produção biológica, promovendo o envolvimento consciente de toda a comunidade local, desde agricultores, produtores, consumidores, escolas, operadores turísticos e instituições.

Para o Município de Vouzela está é uma oportunidade valiosa, uma vez que vai ao encontro da estratégica de promoção e desenvolvimento do território, nomeadamente nas áreas da sustentabilidade, agricultura biológica, pecuária, economia verde, energia, ecoturismo/turismo de natureza, inclusão social e setor agroalimentar.

“A agricultura biológica ocupa, atualmente, um espaço importante no setor agroalimentar, sendo necessário que os agricultores entendam que hoje é possível produzir este tipo de produtos e de agricultura a custos controlados, permitindo o acesso a estes produtos a cada vez mais público e um escoamento maior para esses mesmos produtos”, esclarece o autarca.

Este projeto será “uma excelente oportunidade para os produtos endógenos do concelho, como é o caso da vitela de Lafões ou os frutos vermelhos”, considera Rui Ladeira.

Cordão Dunar da Praia de Altura vai ter estrutura de salvaguarda

Divulgação

Foi aprovado a assinado o contrato de co- financiamento da implantação de uma estrutura de salvaguarda do cordão dunar da Praia de Altura, no âmbito do PO SEUR (Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos), Portugal 2020, cofinanciada a 75% pelo fundo de coesão, a fundo perdido.

O cordão dunar da Praia de Altura consiste na elevação de um passadiço entre a nova praia vigiada da frente mar de Altura, a abrir em 2018, a Praia da Verde Lago, e a Praia da Lota (Manta Rota - Vila Real de St. António), cerca de 1500 metros, com uma largura de 3 metros, que serpenteará o sistema dunar, sobrelevando-se na Ribeira do Alámo, mas abraçando os apoios de praia a enquadrar na frente-mar. 

A autarquia de Castro Marim considera que “a elevação desta infraestrutura promove a redução da erosão costeira, uma vez que garante o não pisoteio, bloqueia a ação do homem sobre as zonas de proteção, fomenta a estabilização de areias para a formação de dunas e possibilita a instalação de vegetação natural, restabelecendo assim a dinâmica do habitat dunar”.