Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Informadouro

Somos mundo!

Informadouro

Somos mundo!

Comandante da Proteção Civil demitiu-se

Patrícia Melo Moreira/Público/Direitos Reservados

 

 

O Comandante Nacional da Proteção Civil, António Paixão, apresentou a demissão, avança a RTP. O seu sucessor já está escolhido: será o coronel Duarte Costa, militar do exército. 

A demissão de António Paixão acontece cinco meses depois de ter tomado posse. 

Segundo a estação pública, o agora ex-comandante sai devido a não concordar com a estratégia do ministério. Nos últimos meses, mostrou "sinais de descontentamento" com as dificuldades em operacionalizar a estratégia desenhada devido também, mas não só, à falta de meios aéreos. A RTP aponta que a Proteção Civil só teve três helicópteros disponíveis para os 100 incêndios que deflagrraram no país. O episódio que levou a António Paixão demitir-se terá acontecido, segundo a RTP, numa reunião no Ministério da Administração Interna (MAI) em que terá entrado em confronto aberto com Jaime Marta Soares, presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses. Paixão terá abandonado a reunião e colocado o lugar à disposição. 

Em nota enviada à comunicação social, o MAI confirma a saída de Paixão mas refere que o pedido partiu dele devido a "motivos pessoais". A escolha de Duarte Costa também foi confirmada. "O Coronel Tirocinado José Manuel Duarte da Costa, Chefe do Estado Maior do Comando das Forças Terrestres, é responsável pelas áreas de planeamento e execução da atividade operacional da componente terrestre das Forças Armadas", refere a mesma nota. 

O jornal Público na versão online refere que o clima na Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) "é de caos". 

O CDS-PP já anunciou que vai requerer ouvir o comandante demissionário com caráter de urgência. 

"Prepotente e incompetente" - Jaime Marta Soares

Jaime Marta Soares já havia feito acusações públicas a António Paixão.

O presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses acusou o agora ex-comandante de ser "prepotente e incompetente" para o lugar que ocupa. Na comissão parlamentar de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias, Marta Soares disse que era "É a primeira vez que o comandante nacional da ANPC não é oriundo dos bombeiros. É um elemento da GNR e posso dizer, sem medo das palavras, que é prepotente e incompetente e que é uma pessoa em que não se pode confiar para o lugar em que está", considerou. 

Vila Real: Militar da GNR condenado a pena suspensa por corrupção e lenocínio

Tribunal Judicial da Comarca de Vila Real/Direitos Reservados

 

Um primeiro-sargento da GNR foi hoje condenado a três anos e seis meses de pena suspensa em cúmulo jurídico por vários crimes, incluindo lenocício e corrupção passiva, pelo tribunal de Vila Real, refere a Agência Lusa citada pela RTP

O primeiro-sargento, de 43 anos, esteve envolvido num esquema de troca de informações sobre fiscalizações previstas para uma casa de alterne com os proprietários desse espaço. O militar, para além da pena suspensa de três anos e seis meses, foi aplicada uma pena acessória em que não poderá exercer funções durante três anos e, ainda, o pagamento de uma multa de 2 100 euros. O tribunal condenou o arguido pelos crimes de lenocínio, corrupação passiva, auxílio à emigração ilegal, violação de segredo de justiça e recebimento indevido de vantagem. 

O juiz presidente do coletivo classificou  de "perturbador e grave a associação do negócio a um militar e o grau de promiscuidade na transmissão de informações", dizendo que o comportamento do agente foi "censurável sobre todos os aspetos".

O processo envolvia seis arguidos, incluindo um outro militar da GNR também condenado mas a pena de multa de 1 500 euros. Em relação a este arguido, o juiz diz que ficou "firmemente convencido" que ele recebeu dinheiro (100 euros, segundo a acusação) de outro dos arguidos e a pedido do primeiro-sargento. 

Em relação aos restantes quatro arguidos, dois deles irmãos eram os "donos efetivos" do espaço e os outros dois apenas controlavam a atividade do bar e das mulheres que ali trabalhavam. 

Os dois irmãos foram os únicos que foram condenados a penas de prisão efetiva de cinco anos e dois meses por lenocínio, corrupção ativa e auxílio à imigração ilegal. Já os outros dois arguidos foram condenados a penas suspensas inferiores a dois anos e seis meses. 

Tenista João Sousa vai ser recebido amanhã nos paços do Concelho de Guimarães

Direitos Reservados

João Sousa venceu, ontem, 6 de maio, o Torneio de Ténis Millenium Estoril Open. Com esta conquista, o tenista subiu 20 lugares no ranking ATP e passou a ocupar o 48.º lugar, regressando praticamente um ano depois ao top 50. 

Na terra batida do Estoril, o tenista de 29 anos, venceu o terceiro título da carreira, depois de Kuala Lumpur (2013) e Valência (2015), ao bater o norte-americano Frances Tiafoe, 68.º do ranking, em dois 'sets', com um duplo 6-4.

Natural de Guimarães, João Sousa será recebido amanhã, 8 de maio, pelo Presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Domingos Bragançanos, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, pelas 12h00.

O histórico triunfo no torneio de ténis Estoril Open faz de João Sousa o primeiro português a inscrever o seu nome na lista de vencedores no historial desta competição.

 

 

Ribeira de Pena: IV Rota dos Castros Cervenses

Divulgação

No dia 13 de maio, há uma rota desenhada para descobrir os Castros de Cerva, no concelho de Ribeira de Pena. Serão cerca de 30 quilómetros a pedalar, num percurso de dificuldade moderada, com início marcado para a Praça de Cerva, às 10h00.

A inscrição incluiu seguro, banho e lavagem de bicicleta.

Esta iniciativa vai já na quarta edição e é promovida pela Casa do Povo de Cerva, com o apoio da Junta de Freguesia de Cerva e Limões, Município de Ribeira de Pena, dBombeiros Voluntários de Cerva e Ripenabike.

Odivelas: Mês da Juventude celebrado com eventos culturais, formativos, desportivos e lúdicos

Divulgação

Já mexe o mês da Juventude em Odivelas. A Câmara Municipal preparou um conjunto de iniciativas constituídas por eventos culturais, formativos, desportivos e lúdicos, e onde estão envolvidos organismos, associações e parceiros municipais numa preocupação crescente de partilha e cooperação.

A música e dança com "Dinâmicas no Metro" abriram o cartaz de iniciativas, no passado dia 2 de maio, seguindo-se um tributo a Vasco Santana, no dia 5.

Divulgação

No dia 12 é tempo da tradicional “Corridinha da Primavera” na Ecopista da Escola Agrícola D. Dinis – Paiã, Pontinha. A partida será dada às 10h00. Mais de 450 alunos de todas as escolas do 1º Ciclo do Ensino Básico da rede pública do Concelho de Odivelas vão estar juntos nesta corrida pedestre, acompanhados pelos pais e familiares, além dos seus professores e restante comunidade educativa.

No dia 19 há um "Roteiro de Arte Urbana pelo Concelho" e dia 26 é a vez de Fernando Daniel subir ao palco do Parque Multidesportivo das Colinas do Cruzeiro, pelas 22h00, para o "Festival Jovem”.

"Jovens sobre Rodas" pelo Concelho de Odivelas está marcado para o dia 27, entre as 09h30 e as 13h.

Divulgação

Os melhores do Mundo vão estar dias 19 e 20 de maio no 1º Freestyle Motocross Odivelas European Show. Contagem decrescente para receber os pilotos internacionais que vão estar em Odivelas a executar as melhores manobras mundiais de FMX e MTB no interior do Pavilhão Multiusos, com saltos a 22 metros de comprimento e a 13 metros de altura. Estas manobras de cortar a respiração serão acompanhadas por grandes cenários de fogo, luz e som.

No dia 19 de maio o espetáculo tem início às 21h30, e no dia 20 de maio às 17h. A organização é da FmxSpirit.com e conta com o apoio da Câmara Municipal de Odivelas e a parceria do Moto Clube de Odivelas.

Castro Marim promove rastreio gratuito de doenças de pele

Divulgação

A Câmara Municipal de Castro Marim promove, nos dias 09, 10 e 11 de maio, um rastreio gratuito do cancro e outras doenças de pele, destinado a toda a população do concelho.

Esta iniciativa é periodicamente desenvolvida pela autarquia, com a colaboração voluntária da médica dermatologista Manuela Aguiar, e tem permitido a deteção de lesões tumorais, depois encaminhadas com urgência para o Hospital de Faro, e o tratamento de eventuais lesões pré-cancerígenas (queratoses actínicas) com azoto líquido, adquirido para o efeito.

Este ano haverá também alertas e informações sobre os cuidados a ter com a exposição ao sol, numa sensibilização para a época balnear, que se aproxima.

À semelhança das ações anteriores, o rastreio decorrerá nas sedes de freguesia do concelho.

As inscrições são limitadas, pelo que os interessados deverão inscrever-se através do número de telefone 281 510 754 ou de telemóvel 927 246 386.

Esta iniciativa é apoiada pela Administração Regional de Saúde do Algarve e pelo Agrupamento de Centros de Saúde do Sotavento.

Proença-a-Nova promove Limão e Cereja em Festival

Divulgação

A cereja e o limão, dois importantes recursos económicos produzidos no concelho de Proença-a-Nova estarão em destaque no Festival da Cereja e do Limão, que acontece a 19 e 20 de maio, em Montes da Senhora.

Para além da presença dos produtores de cereja e de limão, haverá espaço para outros produtos locais como compotas, licores, doces e artesanato do concelho. A animação estará a cargo d’ Os Chibatas – Grupo de Percussão Tradicional de Castelo Branco, que abrirá o festival a partir das 14h de sábado, seguido da Oficina de Gelados de cereja e limão, promovida pelo Centro Ciência Viva da Floresta e a atuação do Grupo de Concertinas e Cavaquinhos da Arca. Ainda no sábado, o duo musical Artur & Márcia animará o recinto com música popular. O destaque da noite do primeiro dia vai para a atuação de Peu Madureira, cantor que ficou conhecido pela sua participação no Festival da Canção e cujas influências musicais passam por Amália Rodrigues, Maria Teresa de Noronha, Alfredo Marceneiro, Fernando Farinha, Camané, entre muitos outros.

O domingo será dedicado ao desporto e ao folclore. O 153º Passeio Pedestre “Montes de Cereja” partirá à descoberta de uma das maiores riquezas dos Montes da Senhora que nesta altura decoram os campos em redor da aldeia e em toda a freguesia. As inscrições decorrem no Posto de Turismo até dia 17 de maio. A Corrida das Cerejas, organizada pela LAMS, realiza-se pelo quinto ano e é uma prova de atletismo aberta a todos os atletas e clubes federados, não federados, populares, associações, grupos de amigos e outras entidades que tenham interesse em participar. A prova principal tem uma distância de 11 quilómetros, sendo que há provas para todos os escalões. O Festival da Cereja e do Limão encerra com uma tarde dedicada ao folclore com a presença do Rancho Folclórico de Montes da Senhora, o Grupo Folclórico de Contas e Cramóis de Pias (Cinfães) e o Rancho Folclórico As Ceifeiras de Porto de Muge.

 

Dois anos de Túnel do Marão. Bem-vindos... Mas, “Para cá do Marão ainda mandam os que cá estão”

José Coelho - Agência Lusa

Há dois anos fez-se história e, os que cá estão, e os que sempre vinham, esperaram 7 anos por uma luz ao fudo do túnel. Desse que é o "maior da Península Ibérica" e que liga Trás-os-Montes ao Litoral.

Uma obra única de engenharia, emblemática, comparada apenas "à Ponte 25 de Abril", considerou António Costa, o primeiro ministro que inaugurou no dia 7 de maio de 2016, aquele que rasgou as entranhas da Serra do Marão.

Atravessar o Marão tornou-se mais seguro, mais cómodo e mais rápido. O grande Túnel vai contribuir para "combater a desertificação e o isolamento do país" e deseja-se que seja caminho para um efetivo desenvolvimento económico, que "melhor o PIB da região", frisou Costa naquele dia.

De acordo com dados fornecidos à agência Lusa pela Infraestruturas de Portugal (IP), em dois anos de funcionamento, o Túnel do Marão contabiliza cerca de 15,8 milhões de euros de receita em portagens. Em 2016, nos cerca de oito meses que decorreram desde a sua abertura ao tráfego, o valor da receita foi de 4,9 milhões de euros e, em 2017, o valor global foi de 8,7 milhões de euros. No primeiro trimestre de 2018, a receita foi de 2,2 milhões de euros, um valor que representa um crescimento de cerca de 20% face ao verificado no período homólogo do ano passado.

A Autoestrada do Marão passou a receber o tráfego do Itinerário Principal 4 (IP4) e captou também trânsito de outras vias, como das autoestradas A24 ou A7, mostrando que o Túnel não é uma alternativa ao IP4 mas sim o percurso preferencial dos automobilistas.

Já viu nascer um bebé no dia 1 de outubro de 2016 quando, um casal de Baião a caminho do Hospital de Vila Real, se viu forçado a parar na berma da A4 à entrada do Túnel, devido às fortes dores da mulher. Perante a surpresa da equipa de assistência do Túnel acabaria a mulher acabaria por dar à luz com os trabalhadores a ajudarem no parto.

O incêndio num autocarro, dentro do Túnel do Marão, em junho de 2017 lançou um alerta sobre questões de segurança e socorro dentro deste que é o maior túnel rodoviário da Península Ibérica, com 5.665 metros e está incluído no Autoestrada 4 (A4) que liga Amarante a Vila Real. Um inquérito à avaliação da resposta operacional apontou lacunas na resposta ao incêndio. O documento revelou um hiato temporal de 36 minutos entre o alerta inicial e o início do combate e aconselhou uma revisão dos procedimentos para agilizar a chegada dos meios.

O relatório apontava baterias à inexistência do centro de controlo junto à saída de Amarante. Um equipamento que foi transferido seis meses depois da inauguração do túnel para o centro de controlo da IP, em Almada.

Perante este cenário foi necessário “desenhar” novos planos de atuação no túnel. Planos esses que foram apresentados no dia 26 de abril. Para além do anúncio de equipas de bombeiros em permanência no Túnel do Marão, para prevenção, primeira intervenção e socorro a infraestrutura terá ainda uma sala de emergência.

As corporações de Bombeiros de Amarante e Cruz Branca de Vila Real ainda não têm operacionais no terreno, conforme o anunciado pelo Secretário de Estado das Infraestruturas, Guilherme d’Oliveira Martins, aquando da assinatura do protocolo. Mantém-se perspetivada a realização de um simulacro, não se sabendo, no entanto, quando irá acontecer.

“Os simulacros far-se-ão em maio e far-se-ão as vezes que forem necessárias. O que queremos é garantir que o túnel cumpre as melhores regras de segurança a nível transeuropeu”, frisou o secretário de Estado. Este simulacro já era reivindicado pelos bombeiros que atuam na infraestrutura, antes mesmo da abertura ao tráfego do Túnel do Marão, a 08 de maio de 2016.

Do sonho à concretização do Túnel do Marão, houve um longo caminho cheio de obstáculos e atropelos. O percurso foi feito de avanços, recuos e paragens. Mas a verdade é que…

Vê-se primeiro um mar de pedras. (...)

A terra é a própria generosidade ao natural. Como num paraíso, basta estender a mão. (...). Entre quem é!

                                                              Miguel Torga in “Um Reino Maravilhoso”