Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Informadouro

Éramos Douro... agora somos mundo!

Informadouro

Éramos Douro... agora somos mundo!

Proença-a-Nova: Turismo e Empreendedorismo no Interior é o tema da Festa do Município

Divulgação

“Turismo e Empreendedorismo no interior” é o tema central da Festa do Município de Proença-a-Nova, que se realizará a 8, 9 e 10 de junho. A apresentação oficial decorreu na Praia Fluvial da Fróia.

O programa da festa arranca na sexta-feira, 8 de junho, com a conferência “Turismo e Empreendedorismo no Interior”, que trará a Proença-a-Nova profissionais das duas áreas, assim como serão convidados os empreendedores locais a apresentarem a sua atividade em prol da economia e do turismo do concelho. Esta conferência, dedicada à atitude empreendedora, pretende assim juntar empresários, empreendedores e líderes associados à criação de estruturas chave para o desenvolvimento da cultura do empreendedorismo e das ferramentas indispensáveis à implementação de projetos. Será ainda relançada a incubadora “Inova Startup Proença” e apresentado o Programa de Revitalização do Pinhal Interior da Unidade de Missão para a Valorização do Interior. “Pretende‐se que Proença‐a‐Nova seja um concelho com vocação turística, pois possui fatores de atração à escala nacional, polos de visita e uma dinâmica capaz de contribuir para a fixação de pessoas e para a criação de novos postos de trabalho. Embora o turismo esteja dependente da intervenção de um conjunto alargado de agentes, cabe ao Município um papel promotor, tanto pelas competências específicas que lhe estão atribuídas como pela responsabilidade de envolver o sector privado”, explicou o presidente da autarquia João Lobo.

Na música, os cabeças de cartaz da Festa do Município 2018 são António Zambujo, Mafalda Arnauth e António Atáide e a dupla de DJ’s Kiss Kiss Bang Bang. Destaque também para a cozinha ao vivo com Pedro Jorge, concorrente do Masterchef Júnior, e Nuno Sabino, que confecionará pratos com peixe do rio, divulgando também o 1º Festival de Peixe do rio que acontecerá 7 de julho. A Festa do Município dá a oportunidade aos artistas naturais ou com raízes em Proença-a-Nova se apresentarem ao público. Este ano não é exceção e o programa conta com a presença dos Soul Brothers Empire, Nuno Reis, Teorema, Amigos do Presidente, Mário & Companhia e o DJ Kamix. Do concelho vizinho apresenta-se o grupo Bonnie and Clyde`s gang.

Nesta edição da Festa do Município, além dos espaços das tasquinhas e de artesanato, haverá ainda um espaço dedicado aos alojamentos locais, aos empresários e aos produtores da marca Proença-a-Nova Origem reunidos num espaço comum de divulgação. No primeiro dia, sexta-feira, acontece a habitual aula de encerramento da Ginástica Sénior, que reúne os atletas das 17 turmas desta atividade e ao longo do mês de maio realizam-se as várias jornadas da XII Taça do Município, uma competição que envolve equipas das associações do concelho e que pretende promover os equipamentos desportivos e o espírito de competição entre todos os participantes. A fase final da Taça do Município joga-se a 9 e 10 de junho. Nas iniciativas promovidas pelas coletividades, destaque para o Passeio de Motos Antigas, promovido pela Sobreirodas e a tradicional Volta ao Vale Serrão, um passeio de BTT organizado pelos Pênêvês.

Ao longo dos três dias de festa haverá propostas para todas as idades. Animação de rua, concertinas, programas infantis, demonstração de desportos de aventura, parque radical, dança e atividades circenses são algumas das propostas que serão constantes e enriquecem o programa festivo. Destaque para o teatro de rua “Caminho Marítimo para a Desgraça”, integrado no XIII Festival de Teatro e para os ateliers promovidos pelo Centro Ciência Viva da Floresta.

Época balnear da Praia da Vitória arranca a 1 de junho com zonas requalificadas

Município da Praia da Vitória

A Câmara Municipal da Praia da Vitória (CMPV) encontra-se a desenvolver um conjunto de intervenções, avaliadas em cerca de 60 mil euros, no âmbito da manutenção, requalificação e beneficiação das zonas balneares do Concelho. Estas ações visam a preparação da época balnear que, este ano, se inicia mais cedo, a 01 de junho.

O trabalho efetuado ao nível da manutenção destes espaços balneares “é fundamental para garantir o bem-estar e segurança dos banhistas, assim como para potenciar a nossa oferta turística junto de quem nos visita”, referiu Carlos Armando Costa, vereador com competência na área das infraestruturas.

As intervenções surgiram após avaliação das zonas balneares: “foram detetadas necessidades ao nível da recuperação de suportes de apoio e acessos que se encontravam danificados nas freguesias dos Biscoitos, Porto Martins, Vila Nova e Quatro Ribeiras. Para além disso, e nos mesmos locais, foram reparados os solários e retirados objetos trazidos pelo mar", explicou o autarca.

Grande parte do investimento centra-se no desassoreamento da marina e, consequente, reposição do areal da Praia Grande. Esta ação exige um longo trabalho, no sentido de garantir a reposição das condições necessárias para que pessoas possam usufruir das mais-valias destes locais.

"Todo o trabalho desenvolvido ao nível da abertura da época balnear exige vigilância, empenho e prevenção, com vista a garantir a segurança de todos os banhistas, reforçando o cumprimento das regras essenciais ao bom funcionamento e usufruto destes locais", disse.

O responsável municipal referiu ainda a importância da atribuição de bandeiras azuis a oito locais do Concelho, salientando a garantia da qualidade dos mesmos; "são oito os locais distinguidos com o galardão de Bandeira Azul, nomeadamente os Biscoitos, as Quatro Ribeiras, Escaleiras (Vila Nova), Praínha, Praia Grande, Praia da Riviera, Porto Martins e Marina. Deste modo, temos a garantia da qualidade existente no Concelho e continuaremos a trabalhar no sentido de proporcionar as melhores condições em todas as zonas balneares deste Concelho", referiu.

O Município irá contar ainda com o apoio de 22 Nadadores-Salvadores.

Campeonato Nacional de Slalom desafia águas bravas do Rio Coura

Município de Vila Nova de Cerveira

Pelo terceiro ano consecutivo, a freguesia de Covas, em Vila Nova de Cerveira, volta a acolher o Campeonato Nacional de Slalom. Este fim-de-semana, 12 e 13 de maio, cerca de 250 atletas vão desafiar as águas correntes fortes do rio Coura à procura de obter a melhor classificação na edição 2018 da prova.

“Em Vila Nova de Cerveira, o desporto e o turismo estão cada vez mais interligados, tendo como denominador comum a usufruição das mais diversas e belas paisagens naturais que temos para oferecer. Temos eventos que são um sucesso logo na primeira edição, confirmado pelo crescimento constante de participantes, ano após ano. Seja numa vertente competitiva, seja apenas por lazer e bem-estar, é cada vez mais frequente ver jovens e menos jovens a colocar a atividade física na rotina do seu dia-a-dia”, afirma o presidente da Câmara de Vila Nova de Cerveira, Fernando Nogueira.

Depois do sucesso do Ultra Trail de Cerveira 2018 que trouxe, no passado sábado, mais de 1.100 atletas oriundos de todo o país e outro milhar para assistir, este fim-de-semana, as atenções centram-se nas potencialidades desportivas e turísticas do rio Coura.

Ao longo de um percurso de apenas 300 metros, cerca de 250 atletas de várias categorias – cadetes, juniores, e veteranos C1, K2 e C2 masculino e feminino -, vão desafiar um plano de água corrente forte, com obstáculos naturais e portas (grau II e III), já reconhecido pelas condições excelentes para a prática da modalidade. Pelas margens, e à semelhança dos anos anteriores, aguardam-se centenas de pessoas que aliam o apoio aos atletas ao desfrute de um ambiente natural e tranquilo.

A prova do Campeonato Nacional de Slalom agendada para Covas vai ser disputada em três mangas, uma eliminatória no sábado a partir das 10h00, seguida das semifinais agendada para as 15h00 para, no domingo, no período da manhã, se disputarem as finais individuais e respetiva entrega de prémios.

Sátão assinala Dia Mundial da Dança com espetáculo de Ballet

Divulgação

A Escola Municipal de Ballet e Dança de Sátão apresenta no domingo, 13 de maio, pelas 16h00, um espetáculo de bailado moderno, no Cineteatro Municipal.

As alunas da Escola apresentam coreografias de bailados modernos, demonstrando a sua versatilidade, qualidade e beleza ao dançarem.

Um evento para assinalar o Dia Mundial da Dança, criado em 1982 pelo Comité Internacional de Dança do “International Theatre Institute”, para assinalar o aniversário de Jean Georges Noverre (1727-1810), criador do ballet moderno. 

Feira Medieval Ibérica de Avis recria reinado de D. João I, O de Boa Memória

Divulgação

O município de Avis vai viajar no tempo este fim-de-semana, 11, 12 e 13 de maio, até ao reinado de D. João I, O de Boa Memória, consagrado Grão-Mestre da Ordem de Avis, em 1364, e aclamado Rei de Portugal nas Cortes de Coimbra de 1385.

Dava-se assim início à Dinastia de Avis, momentos que irão ser reconstituídos na Feira Medieval Ibérica onde, trajados a rigor, desfilarão reis e princesas, jograis, nobres e mendigos, cavaleiros, almocreves, alcoviteiras e bobos da corte. Haverá os sabores da época para provar nas tavernas e locandas, onde os comeres são fartos e os beberes abundantes.

Divulgação

“Da Ordem de Avis à Vila de Avis: Quadros de uma História” foi a temática da conferência que decorreu esta tarde no CIOA, seguir-se-á a Eleição de D. Fernão Rodrigues Sequeira, Mestre da Ordem de Avis, no Teatro de Fogo, numa evocação da Batalha dos Atoleiros. Do cartaz faz parte ainda a Exposição “Elmo e Espada de D. João I” e um Torneio de armas a cavalo para agraciamento à Ordem de Calatrava.

Três dias de feira onde se irá ficar a saber as notícias que correm sobre a Conspiração do Mestre de Avis e Nuno Álvares Pereira para assassinar o Conde Andeiro e também sobre os Sucessos do Mestre no Minho e nas Beiras, que culminaram com a vitória em Trancoso e Aljubarrota. Oportunidade também para ficar a conhecer as Estórias e Lendas das Terras de Avis.

Aproveite para entrar no espírito medieval fazendo parte dos Festejos Populares do Tratado de Windsor, do Cortejo de D. Leonor Teles, da Arruada Musical pelas ruas do burgo e do Cortejo Nupcial e Esponsais de D. João I e D. Filipa de Lencastre. Participe nas Danças e folias, nas Bailias dos Anciãos comemorando a morte do Conde Andeiro e nas movimentações de apoio à causa do Mestre de Avis e à aclamação de D. João I como Rei. Descubra o ambiente que traz a Idade Média até esta Vila do reino de Portugal e a enche de animação.

Obrigatório também será assistir ao arraial medieval que transforma o centro histórico da Vila num burgo dos séculos XIV e XV.