Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Informadouro

Éramos Douro... agora somos mundo!

Informadouro

Éramos Douro... agora somos mundo!

Praia da Vieira distinguida como “Praia Acessível”

Município da Marinha Grande

O galardão “Praia Acessível” foi, mais uma vez, atribuído à Praia da Vieira, na freguesia de Vieira de Leiria, pela Administração da Região Hidrográfica do Centro (ARH Centro), na sequência da candidatura apresentada pela Câmara Municipal da Marinha Grande.

O projeto “Praia Acessível” visa tornar acessíveis as praias portuguesas, marítimas e fluviais, às pessoas com mobilidade condicionada e sensibilizar todas as pessoas, em especial as que intervenham como agentes e as que são utentes das praias como veraneantes, para a problemática das pessoas com mobilidade condicionada.

Pretende-se dar a conhecer estes locais às pessoas com deficiência e, de um modo geral, a todas as pessoas com mobilidade condicionada, com especial destaque para os idosos e promovê-las, a nível nacional e internacional, como destino de férias.

Outros objetivos passam por mobilizar, através das parcerias estabelecidas, as autarquias locais e os concessionários das praias para a necessidade de: promover a acessibilidade às praias criando ou melhorando rampas, estendendo passadeiras de acesso, instalando corrimãos, adaptando instalações sanitárias; e disponibilizar instrumentos auxiliares, tendo em vista a possibilidade das pessoas com mobilidade condicionada acederem à água e aí se banharem.

Feira Afonsina de Guimarães tem Tratado de Zamora como tema

Município de Guimarães

A Feira Afonsina 2018 irá decorrer em Guimarães, entre os dias 21 e 24 de junho, com a recriação do “Tratado de Zamora”. Será um regresso ao ano de 1143 com áreas temáticas distribuídas pela zona histórica da cidade: o Arraial (Colina Sagrada), O Jardim dos Infantes (Largo Martins Sarmento), Largo do Oculto (Largo dos Laranjais), Praça de Mercar (Largo Cónego José Maria Gomes), Quelho das Desgraças (Rua João Lopes de Faria), Largo dos Duques (Largo da Misericórdia) e Estalagem Ti-Berna (Largo Condessa do Juncal).

Haverá espetáculos, momentos de recriação histórica, atividades para o público, áreas temáticas e ainda o Torneio (às 22h00 de quinta-feira, sexta-feira e sábado). A edição deste ano conta com a participação de 150 voluntários.

O horário da Feira Afonsina no primeiro dia, quinta-feira, 21 de junho é das 18h00 às 01h00. Na sexta-feira e sábado a Feira está aberta das 11h00 às 01h00 e no domingo das 11h00 às 22h00.

Mondim de Basto investe na mobilidade urbana

Município de Mondim de Basto

O Município de Mondim de Basto vai investir 479.244,59 euros na mobilidade urbana. O contrato para a execução da empreitada da rede periurbana de passeios que vai ligar o centro da Vila aos Lugares de Pedra Vedra, Serra e Vilar de Viando já está assinado.

A obra surge na sequência do exercício de palneamento executado ao nível da Comunidade Intermunicipal do Ave - Plano de Ação de Mobilidade Urbana Sutentável e decorrerá numa extensão de 4100 metros lineares permitindo a criação de condições para a circulação pedonal de forma segura da população destes três lugares da freguesia de Mondim.

A intervenção será comparticipada em 85% pelo Programa Operacional Regional do Norte.

Praia da Vitória: Ministro da Defesa inaugurou Miradouro da Boavista

Município da Praia da Vitória

O Ministro da Defesa, Azeredo Lopes, esteve ontem, 18 de junho, na Praia da Vitória, Açores, para presidir à inauguração do Miradouro da Boavista. A cooperação entre a Junta de Freguesia de Santa Cruz, o Município da Praia da Vitória e o Ministério da Defesa Nacional permitiu a realização da obra, que representa "um sonho antigo da Praia da Vitória, que se tornou realidade através da cooperação entre todas as entidades. A partir de hoje, o Miradouro da Boavista ganha uma nova subfunção, intimamente ligada ao lazer, ao turismo e à contemplação do maior espelho de água dos Açores" disse Tibério Dinis, presidente da Câmara da Praia da Vitória.

O Ministro fez saber que "há neste momento, entre o Governo da República e a Ilha Terceira muitas relações e projetos a desenvolver. Continuaremos a visitar de forma mais frequente, aquele que será o Centro de Defesa do Atlântico, de forma a podermos amplificar a nossa ação," apontou. Azeredo Lopes pré-anunciou também a apresentação sobre o projeto de certificação civil da Base Aérea das Lajes. "Assumimos que em dois anos iríamos cumprir este empreendimento, e assim o fizemos, de modo a que o desenvolvimento e integração do poder local e regional no panorama nacional se pudesse realizar", afirmou.

Município da Praia da Vitória

O autarca praiense aproveitou a presença de Azeredo Lopes para falar sobre a situação dos terrenos afetos ao Porto militar na Praia da Vitória "que hoje estão desafetas à sua função ou até mesmo abandonadas", adiantando que o município pretende "requalificar toda a Zona Norte da sua Baía, atribuindo-lhe uma função em prol do desenvolvimento local".

Tibério Dinis fez ainda o ponto de situação sobre os assuntos estruturantes que ambas as entidades têm vindo a trabalhar em conjunto nomeadamente sobre a Rede de Abastecimento de Água a Santa Rita, em que a Câmara Municipal, através da Empresa Municipal Praia Ambiente, está a avançar com o projeto, no valor total de dois milhões de euros, cofinanciado a 85% pelo Plano Operacional 2020 e no qual o Governo da República assume a parte não cofinanciada. "Este projeto está em fase final de adjudicação, estando o seu início previsto para o terceiro trimestre," fez saber o autarca recordando que na sequência da última reunião Bilateral entre os Estados Unidos e Portugal "deu-se um passo decisivo" para a descontaminação e que "iremos também trabalhar na questão do âmbito do ordenamento do território e que recentemente estão a causar sofrimento e desolação a várias famílias na zona de Santa Rita, no denominado Bairro dos Americanos," reforçou.

Vila Nova de Cerveira vai ter verão "COOLtural"

Divulgação

A Bienal Internacional de Arte de Cerveira assinala 40 anos de existência com a realização da XX edição. De 10 de agosto a 23 de setembro as "Artes Plásticas Tradicionais e Artes Digitais - o Discurso da (Des)ordem" marca as comemorações na "Vila das Artes", numa homenagem a Cruzeiro Seixas, um dos expoentes máximos do surrealismo português.

Mas até lá ainda haverá muita "COOLtura" para viver. Até ao final de junho a arte sem fronteiras está nas ruas com o III Simpósio Internacional de Escultura do Rio Minho, dinamizado por Cerveira e Tomiño. Ao longo de 20 dias, seis escultores internacionais estão a dar forma a um projeto em que cada um terá a responsabilidade de decorar um espaço público num dos dois concelhos geminados.

A XIV Dancerveira - Festival Internacional de Dança de Cerveira chega a 28 de junho com novidades. Destaque para a realização de uma Festa da Espuma, espetáculos ao ar livre e workshops com profissionais.

Em julho as "Noites de Fado" vão andar pelo Auditório Municipal. No dia 21 Maria Emília convida Miguel Ramos para a acompanhar em palco, e no dia 28 será a vez de se fazer silêncio para ouvir Ana Moura. "Cerveira Acústica" acontece em agosto com Paulo Gonzo e Rita Redshoes, dia 11 e 25 respetivamente.

A tradição volta a cumprir-se entre dos dias 1 e 5 de agosto com as Festas em Honra de S. Sebastião que incluem no cartaz, dia 2 de agosto, o Festival "O Mundo a Dançar" que irá trazer até Cerveira os ritmos da África do Sul, Bielorrússia, Colômbia e Burica.

A Desfolhada Tradicional Minhota faz-se a 8 de setembro e no dia 23 está agendado o XIII Festival de Bandas de Música.

Para os festejos as ruas do centro histórico vestem-se a preceito com a arte secular d'"Crochet Sai à Rua" e a história da "Rainha Santa Isabel, Rainha Peregrina Jacobeia" conta-se de 16 a 19 de agosto.

Pág. 1/4