Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Informadouro

Somos mundo!

Informadouro

Somos mundo!

Vila Real: Greve dos "Urbanos" agendada para amanhã

Urbanos

O sindicato dos trabalhadores de Transportes Rodoviários e Urbanos de Portugal, afeto à CGTP, convocou para amanhã, 5 de junho, uma greve na empresa de Transportes Públicos Urbanos de Vila Real. Em causa diz estar o "respeito aos trabalhadores", "segurança dos utentes" e "melhores condições de vida e trabalho".

A notícia é avançada pela UFM com fonte num comunicado enviado à redação. O sindicato refere que os problemas dos trabalhadores têm vindo a agravar-se com o passar do tempo estando os responsáveis pela empresa apostados em manter as baixas condições de trabalho e salários. Nas reclamações consta ainda o facto dos trabalhadores dos Transportes Urbanos de Vila Real não usufruirem dos dois dias de folgas a que têm direito após terem trabalhado num feriado. Acresce ainda a ilegalidade de serem "obrigados" a acumular serviços de outras empresas da "Família Santos".

No mesmo comunicado o sindicato lembra que "quando a família Santos assumiu a gestão da TUVR, tinha que acautelar o cumprimento do direito dos trabalhadores" e acrescenta que "se pretende manter a exploração de uma empresa de transportes assente na escravização dos trabalhadores, então é melhor que venha alguém que respeite e valorize os que lhe mantêm a subsistência". Como nota de rodapé o sindicato deixa um desafio à empresa para que mostre os resultados obtidos no ano de 2017.

Em Vila Real, amanhã, 5 de junho, os transportes "Urbanos" podem vir a sofrer atrasos e até mesmo supressão de algumas linhas e horários, uma vez que o sindicato conta com uma "adesão significativa" à paralisação agendada.

Jovens moradores do Esquinheiro pintam murais no complexo habitacional

Divulgação

O Conjunto Habitacional do Esquinheiro, na União de Freguesias de Custóias, Leça do Balio e Guifões, em Matosinhos, vai receber o primeiro de vários murais de grande dimensão que vão servir para assinalar o vigésimo aniversário da empresa municipal MatosinhosHabit.

A primeira fase deste projeto de intervenção e valorização social envolve também os alunos dos Agrupamento de Escolas Irmãos Passos e contou com a participação de professores de Educação Visual e de alunos do terceiro ciclo. A pintura do mural está a ser executada durante o dia de hoje, 4 de junho e deverá prolongar-se até ao dia 7, envolvendo os moradores do bairro e alunos do ensino básico.

A obra será executada no âmbito do projeto de intervenção social “MURAL-IZ(ARTE)”, que envolve os jovens e a população do bairro, estando prevista a pintura de murais num conjunto habitacional de cada uma das quatro uniões de freguesias de Matosinhos.

Para a produção dos murais, os jovens participaram em sessões que procuraram desenvolver algumas competências sociais, nomeadamente o trabalho em grupo, a liderança, o trabalho comunitário e as competências artísticas. O projeto inclui ainda reuniões com os moradores, durante as quais é explicado o conceito do trabalho em curso.

Áurea, Ana Bacalhau e Pete Tha Zouk nas Festas de Santo António de Reguengos de Monsaraz

Município de Reguengos de Monsaraz

As Festas de Santo António em Reguengos de Monsaraz vão decorrer entre os dias 8 e 13 de junho no Parque de Feiras e Exposições. A banda sonora das festividades em honra do padroeiro integra concertos com Aurea, Ana Bacalhau, Barbara Bandeira, Função Públika, Dora Maria, Grupo Coral da Casa do Povo de Reguengos de Monsaraz, Pete Tha Zouk e Eddie Ferrer. O programa terá ainda as tradicionais marchas populares e a quarta edição da feira de vinhos ViniReguengos, onde poderão ser degustadas dezenas de marcas de vinhos portugueses.

A inauguração das Festas de Santo António vai decorrer no dia 8 de junho, às 18h30, seguindo-se o concerto com Ana Bacalhau em "Nome Prórpio", às 22h30, no palco principal. A partir da meia-noite, o palco será ocupado pelo Reguengos Emotions e as atuações de Eddie Ferrer e do Dj Mikas.

No dia 9 de junho, pelas 10h, inicia-se no Centro Hípico Municipal uma prova equestre do Campeonato de Ensino. O Pavilhão Municipal de Reguengos de Monsaraz recebe a final da Taça Nacional de Sub 16 masculinos em basquetebol. Pelas 18h decorre a Color Run em Família e às 22h30, no Parque de Feiras e Exposições, atua Aurea, que vai apresentar o novo disco “Confessions”.

Município de Reguengos de Monsaraz

A segunda noite das Festas de Santo António vai ter a partir da meia noite a atuação de Pete Tha Zouk, um dos mais requisitados e bem-sucedidos dj’s portugueses. O programa das festividades continua no dia 10 de junho, às 9h, com o passeio de motas clássicas pela rota “Caminhos d’Outrora”. Às 11h decorre o desfile de fanfarras de bombeiros voluntários pelas ruas da cidade e pelas 17h haverá uma prova de perícia de motas clássicas. A Praça de Toiros José Mestre Batista recebe às 18h uma corrida de toiros com os cavaleiros Pablo Hermoso de Mendonza, João Moura e João Moura Caetano. Os forcados de Monsaraz e de Montemor-o-Novo vão pegar toiros da ganadaria Maria Guiomar Cortes Moura. Durante a noite, no palco das Festas de Santo António, a partir das 22h vão ouvir-se as músicas de Bárbara Bandeira. A partir da meia noite sobe ao palco o cantor Miguel Azevedo.

No dia 11 de junho, às 22h, haverá o espetáculo “Encontros”, em que a fadista Dora Maria convidou para atuar Fernando Pereira e Ana Lains. A noite vai terminar com o baile de Santo António e a atuação do grupo Sons e Tons.

Município de Reguengos de Monsaraz

No dia 12 de junho, pelas 21h, atua o Grupo de Dança Inclusiva do Centro de Atividades Ocupacionais da Santa Casa da Misericórdia de Reguengos de Monsaraz, seguindo-se uma hora mais tarde o desfile e atuação das tradicionais marchas populares. Este ano poderão ser apreciadas a Marcha Infantil do Jardim de Infância e das Atividades de Tempos Livres da Santa Casa da Misericórdia de Reguengos de Monsaraz, a Marcha Infantil das Atividades de Animação e Apoio à Família do Jardim de Infância de Reguengos de Monsaraz, a Marcha Infantil dos Alunos do 4º Ano da Escola Básica n.º 2 de Reguengos de Monsaraz, a Marcha Infantil do Projeto Criar Futuro e as marchas de adultos do Câmara Reguengos Clube e da Associação Arte and Heart. À meia noite haverá um espetáculo pirotécnico e 15 minutos depois sobe ao palco a banda Função Públika, que atua pelo sexto ano nas Festas de Santo António.

Município de Reguengos de Monsaraz

No dia 13 de junho, dia de Santo António, o programa das festividades inicia-se às 10h com a cerimónia do içar das bandeiras. Pelas 10h30 concentram-se na Praça da Liberdade as Imagens dos Padroeiros das Comunidades Cristãs do concelho, seguindo-se meia hora depois a Eucaristia. A última noite das Festas de Santo António será preenchida pelas 21h30 com outro desfile e atuação das marchas populares, seguindo-se às 23h o espetáculo “Santo António a Cantar”, com o Grupo Coral da Casa do Povo de Reguengos de Monsaraz e os convidados Pedro Mestre, Celina da Piedade, Vitorino, Janita Salomé e Pedro Calado.

Município de Reguengos de Monsaraz

Refira-se ainda que durante as Festas de Santo António, de 8 a 10 de junho, o Pavilhão Álamo do Parque de Feiras e Exposições vai receber a quarta edição da ViniReguengos. Nesta feira de vinhos poderão ser apreciadas referências de vinhos de mais de duas dezenas de produtores nacionais. O programa da ViniReguengos inclui ainda diversos showcooking e um workshop de iniciação à prova de vinhos. No Parque de Feiras e Exposições haverá também ao dispor dos visitantes várias tasquinhas e bares.

Os bilhetes para as Festas de Santo António custam 4 euros nos dias 8 e 9 de junho. Poderá também ser adquirida a pulseira jovem (até aos 29 anos), que pelo valor de 4 euros dará acesso a todos os espetáculos, assim como o bilhete único, que custa 5 euros. Os munícipes com Cartão Social têm entrada grátis.

Ruas de Chaves vão encher-se se Magia

Divulgação

Um coelho que se tira da cartola, um baralho de cartas que tem vida própria ou flores que se transformam em pombas da paz. Isto é Magia e vai andar à solta pelas ruas de Chaves entre os dias 7 e 10 de junho.

O 7º Festival Internacional de Magia contará com a presença de 15 mágicos, cinco dos quais espanhóis e um chinês. Em programa estão vários espetáculos com ilusões garantidas, animação assegurada e atuações de puro entretenimento onde a interação com o público será uma constante.

"Chaves Mágico" é organizado pelo Município de Chaves e Clube de Amigos da Magia, terá início no dia 7 de junho (quinta-feira), pelas 17h00, no Largo General Silveira. No dia seguinte, sexta-feira, dia 8, pelas 21h300, haverá uma Gala de Abertura no Auditório do Centro Cultural de Chaves (CCC). No sábado, dia 9, pelas 15h00, também no Auditório do CCC, realizar-se-á a Gala de Close-up.

Os bilhetes para a “Gala de Abertura” e “Gala de Close Up” estão à venda no Centro Cultural de Chaves até ao próprio dia. O custo do bilhete é de 5€ para adultos e 2,5€ para crianças até aos 12 anos.

Arganil vai ter Centro de Recolha Animal

krista-mangulsone-53122-unsplash.jpg

A proposta para a criação de um Centro Intermunicipal de Recolha Oficial de Animais de Companhia no concelho de Arganil foi aprovada por unanimidade em reunião de câmara. Concretização do projeto está agora dependente da aprovação da candidatura remetida à Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro por intermédio da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra. A infraestrutura será construida em terreno da Câmara Municipal, na Zona do Alto da Boa Vista, em Côja, e terá uma zona de serviços técnicos, incluindo uma área hospitalar, com sala de enfermaria, cirurgia, recobro, sala de tratadores, balneários e vestuários.

"Trata-se de um equipamento que se distancia do modelo tradicional, aproximando-se de um hospital ou de um hotel para animais, pela modernidade e conforto das instalações", explica em comunicado a autarquia de Arganil.

Tratando-se de um Centro de Recolha Animal com abrangência Intermunicipal, este centro, com capacidade para 230 animais, irá servir igualmente os concelhos de Góis, Tábua oliveira do Hospital e, possivelmente, Pampilhosa da Serra.

"Qualidade de Ouro" para 9 Praias de Viana do Castelo e 3 da Marinha Grande

 

praia

Afife, Arda, Carreço, Paçô, Norte, Cabedelo, Amorosa, Castelo do Neiva e a paria da Ínsua, em Viana do Castelo, receberam bandeiras "Qualidade de Ouro" da Associação Nacional de Conservação da Natureza - Quercus.

Este galardão pretende destacar as praias que ao longo de vários anos apresentam boa qualidade ou qualidade excelente no que à água diz respeito. As 9 praias apresentaram qualidade excelente entre os anos 2013 e 2017 e todas as análises realizadas, sem exceção, na última época balnear 2017, apresentam resultados melhores que os valores definidos para o percentil 95 do anexo I da Diretiva relativa às águas balneares.

São Pedro de Moel, Pedras Negras e Praia Velha no concelho de Marinha Grande também foram distinguidas com o galardão “Praia com Qualidade de Ouro 2018”, pela Quercus exatamente pelos mesmos motivos. A distinção é dada com base na informação pública oficial disponibilizada pela Agência Portuguesa do Ambiente e tendo apenas em consideração as análises efetuadas nos laboratórios das diferentes Administrações Regionais Hidrográficas.

Este ano a Quercus distinguiu 390 zonas balneares em Portugal, entre território continental e insular.

Vila Real vive Semana do Ambiente com Arte

Divulgação

A Arte está no Parque Corgo, em Vila Real, a celebrar a biodiversidade do concelho. Em semana do Ambiente dois jovens artistas aceitaram o desafio do Município e deram largas à imaginação criando escrulturas com base no processo de assemblagem.

Bruno Rajão, conhecido por Bafo de Peixe reciclou materiais e desperdícios e deu "vida" a um Corvo que instalou junto à ponte localizada entre a fronteira do Parque Florestal e o Parque Corgo, criando assim, um recanto de aves nesse espaço ao mesmo tempo que servirá para requalificar a zona.

Tiago Sousa criou uma salamandra-lusitânica, uma espécie endémica da Península Ibérica presente em Vila Real. A obra exibe-se junto à entrada nordeste do Parque Corgo e foi produzida a partir de peças de olaria negra de Bisalhães, relacionando dois símbolos do património local que correm o risco de desaparecer.

Divulgação

Até ao dia 6 de junho são muitas as atividades agendadas. Hoje, 4 de junho, pelas 21h00, haverá observação de aves noturnas e morcegos no Centro de Ciência onde, quarta-feira, está prevista a observação de borboletas noturnas. Para o Dia Mundial do Ambiente, 5 de junho, há iniciativas a decorrer no Centro de Ciência e na Agência de Ecologia, onde poderão ser visitadas as exposições "Insetos em Ordem" e "Património Natural de Trás-os-Montes". A apresentação do primeiro caderno de campo do Município de Vila Real, dedicado às borboletas está marcada para as 16h00 e terá como palco o Centro de Ciência.

Dia 7 de junho as atenções vão estar centradas na Agência de Ecologia Urbana, onde irá decorrer uma conferência que terá como oradora a galardoada cientista portuguesa Maria Manuel Mota.

O 35º aniversário do Parque Natural do Alvão comemora-se a 8 de junho e quem ajudará à festa serão as escolas dos municípios de Vila Real e Mondim de Basto.

A Semana encerra com o Festival Internacional de Imagem de Natureza que terá como momento alto o workshop de desenho de natureza nos dias 9 e 10 de junho. Maria Romão Ferreira será a formadora de serviço.

Para participar neste desafio há que fazer a inscrição, gratuita, mas obrigatória. A única coisa que o participante terá de levar consigo, para além da criatividade e imaginação, será lápis grafite "2H, HB, e 2B, caneta de tinta-da-china 0,05 Sakura ou similar, pincel sintético Nº 1 e Nº 4 e ainda tinta-da-china. As condições de inscrição e participação nas atividades podem ser consultadas na página do Centro de Ciência de Vila Real.

Muralha de Guimarães vai tornar-se visitável de forma pedonal

Município de Guimarães

Já está em execução a intervenção que irá tornar visitável de forma pedonal o adarve do tramo da Muralha, existente ao longo da Avenida Alberto Sampaio, em Guimarães. O projeto contempla o desenho de passadiço em módulos e duas caixas de escadas localizadas nas extremidades, "reforçando a funcionalidade e incrementando uma linguagem atual e apelativa a ser visitada", considera a autarquia, em comunicado enviado às redações.

O percurso é constituído por uma "enorme paltaforma" que terá uma guarda voltada para o interior, "que fará a proteção e garante um conforto visual e físico". Na face voltada para os merlões e ameias, "não haverá qualquer proteção", embora a plataforma não encoste no paramento e assim "haverá uma marcação no pavimento mencionando este afastamento", explica o comunicado.

Está ainda previsto o gradeamento para o Museu Alberto Sampaio e acesso ao adarve. Com esta intervenção "pretende-se tornar este espaço coerente com a proposta formalizada", informa a autarquia, lembrando que o projeto mereceu aprovação da Direção Regional da Cultura do Norte e da Direçao Geral do Património Cultural.

A obra foi adjudicada pelo valor de 444.619,91 €+IVA, com prazo de execução de 150 dias.

Museu Marítimo de Ílhavo ultrapassa 1 milhão de visitantes e conquista prémio nacional

Município de Ílhavo

O Museu Marítimo de Ílhavo (MMI) ultrapassou 1 milhão de visitantes ao mesmo tempo que conquista o importante prémio nacional da Associação Portuguesa de Museologia: Aplicação de Gestão e Multimédia com o portal Homens e Navios do Bacalhau.

A contabilidade dos públicos diz respeito ao período desde outubro de 2001, altura em que o Museu abriu portas remodelado e ampliado. Nos últimos três anos o MMI registou uma média de 80 mil visitantes por ano, uma marca alcançada devido à diversidade e à dinâmica da sua programação que tem levado a um aumento na procura turística.

Se a primeira intervenção no edifício conferiu ao MMI uma certa modernidade a segunda intervenção em 2013 deu ao Museu um Aquário único e garantiu mais público. Na primeira fase deste novo ciclo de vida, o MMI centro o seu projeto cultural na construção de uma memória coletiva sobre as fainas do mar. Na segunda fase, o projeto foi orientado para a promoção de uma cultura do mar inclusiva e para a valorização do seu património mais singular: a pesca do bacalhau.

Conforme referido anteriormente, em paralelo com o atingir da marca do visitante um milhão, o MMI foi distinguido com o prémio da Associação Portuguesa de Museologia pelo projeto histórico que suporta o Portal "Homens e Navios do Bacalhau", um arquivo constituído a partir de mais de 20 mil fichas de inscrição no antigo Grémio dos Armadores de Navios da Pesca do Bacalhau, que foi objeto de restauro digital e inventariação. Um trabalho de multimédia que funciona como rede social da memória coletiva da frota bacalhoeira portuguesa - os seus Homens e Navios.

Associativismo dinamiza Praça do Município de Ribeira de Pena no Dia de Portugal

Divulgação

Ribeira de Pena expõe na Praça do Município no Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades o trabalho que tem sido desenvolvido pelas Associações do concelho. Ao mesmo tempo promove e dinamiza o associativismo. Esta é já a 4ª edição da "Mostra do Associativismo" promovida CLDS 3G - "Sol Nascente" com o apoio do município.

Haverá Cantares Populares, Jogos Tradicionais, Produtos Locais, Desporto e Cultura para descobrir ao londo de todo o dia 10 de junho.

Município de Ribeira de Pena

Lembrar ainda que uma das principais montras do que melhor se faz por aquelas paragens é a Feira do Linho que tem a decorrer até ao dia 29 de junho as inscrições para aquela que irá ser a XX edição. Neste certame podem participar artesãos, produtores locais, associações, autarquias, organismos oficiais e entidades privadas que se enquadrem nos objetivos do evento.

A XX edição da Feira do Linho - Mostra de Produtos Locais de Ribeira de Pena está agendada para os dias 3, 4 e 5 de agosto. Três dias de certame para divulgar o artesanato a gastronomia local e regional, como forma de preservação da cultura popular, assim como incentivar o desenvolvimento destes dois setores, pela importância que ocupam na estratégia de desenvolvimento sustentável traçado para o concelho e para a região.

Vouzela vai integrar Ecopista do Vouga

Município de Vouzela

A Ecopista do Vouga já tem contrato de financiamento assinado para o troço de Vouzela. A extensão de 7 Km terá um custo de 676.899 euros, sendo financiado em 500 mil euros pelo Programa Valorizar.

Rui Ladeira, presidente da Câmara Municipal de Vouzela considera a Ecopista um produto diferenciador para o concelho e que será fundamental para ajudar a recuperar o território e a sua economia local depois da destruição das infraestruturas provocada pelos incêndios de outubro de 2017.

O autarca espera que no final de 2019 o projeto esteja concluído.