Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Informadouro

Somos mundo!

Informadouro

Somos mundo!

Barcelos: moradores querem encerramento de discoteca

Facebook Vaticano Barcelos

 

Os moradores do edifício "Fábrica Barcelense", no centro da cidade de Barcelos, vão avançar com uma ação judicial para fechar a discoteca "Vaticano", localizada ao lado do prédio. Segundo o jornal Barcelos Popular, a falha nas conversações entre os moradores, a gerência do espaço e a câmara municipal para que se cumprissem os "pressupostos" que autorizam o "normal funcionamento" do espaço estará na origem desta contenda.

Em reunião de condóminos, realizada no passado dia 20 de dezembro, ficou a saber-se que a empresa gestora do condomínio pretende avançar com uma providência cautelar. Já em janeiro do ano passado, os moradores ameaçaram com um pedido de encerramento da discoteca. Desde aí, têm sido mantidos vários encontros com a câmara e com Carlos Arezes, gerente do espaço, que, agora, é acusado de não ter assumido nenhum "compromisso".

Segundo o jornal local, os moradores queixavam-se, em janeiro, que a discoteca funcionava sem policiamento. Em declarações nessa altura, Carlos Arezes declarava a sua gerência tinha sido "a única a colocar pessoas a limpar de vez em quando o prédio nos finais da noite" e que também tinha sido a única a contratar policiamento entre outubro de 2014 a junho de 2015. O fim do policiamento acontece quando a PSP informa o gerente que o "Vaticano" "não pode legalmente contratar policiamento para um espaço público e que, se houvesse policiamento, tinha de ser três policiais normais e um oficial. A casa nunca poderia sustentar tal custo", sustentava Carlos Arezes.

O município referiu ao jornal estar a "recolher informação" sobre este assunto.