Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Informadouro

Éramos Douro... agora somos mundo!

22
Fev18

Quercus propõem #40 dias sem plástico


helena margarida

Direitos Reservados

Estudos recentes mostram que 259 milhões de copos de café, 10 biliões de beatas de cigarros, 40 milhões de embalagens de take-away, 1 bilião de palhinhas de plástico e 721 milhões de garrafas descartáveis são consumidos anualmente em Portugal. Perante este cenário de aumento do consumo de produtos descartáveis a Quercus vai divulgar em Portugal durante os quarenta dias da Quaresma um desafio ambiental europeu e diário que convida a população a desistir dos produtos descartáveis sensibilizando para modos de vida mais amigos do Ambiente

Segundo a coordenadora de resíduos da Quercus, Carmen Lima “Portugal está em linha com os países que mais consomem este tipo de produtos, mas alguns deles, como a França e o Reino Unido, já com legislação pronta para eliminar o uso deste tipo de produtos e reduzir também o consumo de plásticos. A Quercus espera que Portugal passe rapidamente a fazer parte deste grupo de países”…

Direitos Reservados

A Associação ambientalista chama ainda a atenção para os microplásticos (pequenas partículas de plástico), um ingrediente comum em muitos cosméticos e produtos de higiene pessoal que são levados para uma rede de esgotos e que por serem demasiado pequenos para serem completamente filtradas nos sistemas de tratamento acabam no ambiente aquático.

“O grande problema destas partículas é que elas não ameaçam apenas a biodiversidade marítima, mas, como entram na cadeia alimentar dos animais, entram na cadeia alimentar dos humanos, podendo colocar a nossa saúde em risco”. As micropartículas de plástico encontram-se no sal, algas, peixes e aves.

Cerca de 72% de lixo marinho da costa portuguesa são objetos entre 50 µm e 20 cm e microplásticos (<5 mm).

Aceite o desafio da Quercus e partilhe a sua experiência através de fotografias ou vídeos, usando a hashtag #40DiasSemPlástico. Poderá incluir o logotipo da campanha na sua imagem, se a colocar em https://plastikfasten.bund.net/?l=pt

 

09
Fev18

Praia da Vitória já desenhou promoção para BTL


helena margarida

Município da Praia da Vitória

Os operadores marítimo-turísticos e agências de viagem com atividade na Praia da Vitória foram desafiados pela autarquia a criar um pacote promocional do concelho para ser apresentado na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL).

O vereador do turismo, Tiago Ormonde, no âmbito da uma reunião entre as partes, explicou a proposta como possível geradora de oportunidades “que reforcem a nossa promoção e façam com que os turistas permaneçam mais tempo no Concelho, beneficiando as unidades hoteleiras, as agências de viagens e os operadores de animação, assim como todo o comércio local”.

Cada proposta vai oferecer uma estadia na Praia de vários dias, com um programa envolvendo mergulho, paddle, surf, canyoning, coasteering, entre outras atividades de aventura, quer destinadas a casais, famílias ou grupos de turistas.

Segundo o autarca, estes pacotes vão ser promovidos na BTL e noutros certames internacionais, reforçando a imagem da Praia da Vitória como destino de mar, natureza e cultura.

 

 

30
Jan18

Municípios da Terceira unidos na localização do cais de cruzeiros na Praia da Vitória


helena margarida

Município da Praia da Vitória

O presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória considera que a “Ilha Terceira precisa urgentemente de uma solução para o turismo de cruzeiros e que essa solução reside na Praia da Vitória, sendo mais viável e rápida de implementar”.

Tibério Dinis justifica a sua solução com as condições de operacionalidade, segurança e capacidade infraestrutural instalada existentes na baía da cidade. E adianta que existem condições para uma solução que agregue o tráfego de mercadorias e o tráfego marítimo de passageiros.

Intervindo na Conferência do Mar, organizada pela Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo, que decorreu na passada sexta-feira, 26, na Academia de Juventude e das Artes da Ilha Terceira, na Praia da Vitória, o autarca lembrou que “a Praia da Vitória é a porta de entrada, por natureza, para o turismo de cruzeiros na Ilha Terceira” sendo de máxima importância aproveitar as infraestruturas portuárias na baía que “encerram um potencial de crescimento”.

Há muito a defender esta posição o autarca praiense recolheu o apoio do Município de Angra do Heroísmo, assumida na abertura do fórum, onde foi manifestada a concordância com a localização do cais de cruzeiros da ilha Terceira na baía da Praia da Vitória.

Para sustentar a sua visão, Tibério Dinis apresentou alguns dados estatísticos: “em 2016, segundo os dados oficiais, o Porto da Praia da Vitória recebeu 19 por cento da carga carregada na Região e 21 por cento da carga descarregada na Região. Falamos, obviamente, de exportações e importações regionais”. Face a estes números o autarca defendeu ser “imperativo que se busquem alternativas; as quais, em nosso entender, serão geradoras de emprego e de economia”.

No caso do Turismo de Cruzeiros, os números conhecidos apontam também para a possibilidade de serem criadas “condições para potenciar ainda mais este setor”. Comparando o número de escalas de navios de cruzeiro no Porto da Praia em 2015 e as escalas previstas para este ano, estima-se um incremento de 37 por cento. Entre 2015 e 2016, os cruzeiros que atracaram na Praia da Vitória trouxeram mais de 50 mil turistas à ilha. Para este ano, dada a previsão de escalas, “estaremos a falar de outros tantos a chegarem a este porto, visitando a Terceira e, por essa via, contribuindo para a economia local”, argumentou o presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória.

Para Tibério Dinis o aproveitamento económico e social do potencial que o mar encerra para o Concelho e para a Ilha não se esgota na discussão das melhores soluções para o porto comercial e para o turismo de cruzeiros e o tráfego marítimo de passageiros. “É nesse âmbito que o Município da Praia da Vitória tem vindo a defender diversas ações. O reordenamento e valorização de toda a zona marítima da cidade continua a ser prioridade para o Município da Praia. Este iniciou-se com a Marginal, a qual pretendemos expandir com um troço pedonal e ciclovia até à zona industrial. A disponibilização das melhores condições para os operadores marítimo-turísticos nas imediações da marina da Praia é outro dos projetos em curso”, anunciou.

O reordenamento e revitalização da área exterior ao molhe norte da baía continuará a desenrolar-se neste mandato em que também está a ser revisto o Plano Diretor Municipal. “A estratégia municipal de manutenção e potenciação das zonas balneares ganha novo fôlego este ano” garantiu até porque “tendo o maior número de zonas balneares com Bandeira Azul, é um ativo que não queremos descurar, quer para a qualidade de vida dos residentes quer como produto turístico para quem nos visita”. A utilização da baía da Praia como palco de competições náuticas ou como centro nevrálgico da náutica de recreio do Concelho é outra das apostas mantendo sempre o compromisso pela qualidade e preservação ambiental da orla costeira.

 

29
Jan18

Executivo Municipal da Praia da Vitória reforça proximidade com munícipes


helena margarida

Município da Praia da Vitória

O Executivo Municipal da Praia da Vitória está a promover uma “Presidência Aberta às Freguesias do Concelho” para reforçar proximidade entre a autarquia e a comunidade bem como fazer uma análise das problemáticas existentes a nível local.

“Creio que é extremamente importante haver este contacto mais direto, pois assim conseguiremos dar resposta às necessidades e aos anseios da população de forma mais célere e eficiente”, realçou Tibério Dinis, presidente da Câmara praiense.

Os autarcas consideram que “o conhecimento das especificidades das freguesias” permite definir com mais eficácia quais as necessidades, das intervenções e projetos a concretizar em cada uma delas, no sentido de “promover o crescimento destes locais e, consequentemente, contribuir para o desenvolvimento harmónico do concelho”, explicou Tibério Dinis.

Estas visitas serão ao mesmo tempo um incentivo à “fixação da população nestes locais. Deste modo, continuaremos a apostar em medidas que contribuam para a dinamização e desenvolvimento rurais, evidenciando a sua importância nas componentes económica e social”, acrescentou.

Esta ação, teve início na freguesia da Agualva, no passado dia 29, as restantes freguesias receberão o presidente da Câmara e vereadores a partir de fevereiro no dia da reunião ordinária pública mensal do Município. As visitas serão efetuadas por ordem alfabética. Neste sentido, seguem-se as freguesias de Biscoitos, Cabo da Praia, Fonte do Bastardo, Fontinhas, Porto Martins, Quatro Ribeiras, Santa Cruz, São Brás, Vila das Lajes, e Vila Nova.

25
Jan18

Igreja Matriz na Praia da Vitória bateu recordes de visita em 2017


helena margarida

Município da Praia da Vitória

A Igreja Matriz da Praia da Vitória, Terceira, Açores, recebeu mais de 10 mil turistas no segundo semestre de 2017. O número elevado de visitas comprova, no entender do vereador do Turismo, Tiago Ormonde, “o mérito da parceria entre o Município e a Diocese que garante a abertura e visitação daquele património edificado do concelho”. O autarca garantiu que estes resultados sustentam o diálogo em curso com outras entidades no sentido de garantir a visitação de outros atrativos patrimoniais no centro histórico da cidade.

Nos próximos meses, “pretendemos concretizar um conjunto de ações que visam disponibilizar no centro histórico atrativos orientados para os turistas, fazendo com que passeiem pela cidade e, a partir dela, ganhem interesse por visitar outros locais do concelho” adinatou Tiago Ormonde. O objetivo “é aumentar o período de presença de cada turista no Concelho e, por essa via, contribuir também para a dinamização económica”, sublinha o responsável municipal.

Município da Praia da Vitória

No segundo semestre de 2017, a Igreja Matriz foi visitada por 10.076 turistas (5.056 portugueses e 5.020 estrangeiros). Segundo os dados divulgados pela Autarquia, os meses de agosto e setembro foram os que registaram maios afluência.

Desde junho de 2017, a Igreja Matriz encontra-se aberta ao público de segunda-feira a sábado, disponibilizando a Câmara Municipal um colaborador que garante a vigilância do espaço, assim como o apoio às visitas.

Siga-nos no Facebook e no Twitter!

publicidade

Fale connosco

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Siga-nos no Facebook