Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Informadouro

Somos mundo!

Informadouro

Somos mundo!

Tigeladas e Mel adoçaram Proença-a-Nova

Direitos Reservados

Dois dias de Feira, mais de 1.800 tigeladas vendidas, expectativas superadas. Um sucesso “que se deve às associações do concelho, que são as responsáveis pela confeção das tigeladas” disse o autarca local, João Lobo, em jeito de balanço da XI edição do certame.

Além da potenciação da tigelada como produto gastronómico de excelência, o Município quer apostar também na produção de leite de cabra e no pastoreio como forma de prevenção de incêndios florestais, e, nesse sentido, foi criada a cooperativa Capripinhal, que se dedica à recolha de leite nos concelhos da região. A Capripinhal ofereceu 385 litros de leite para a produção das tigeladas e a empresa avícola Rica Granja associou-se mais uma vez ao evento oferecendo 1.502 dúzias de ovos.

Os segredos da tigelada foram revelados por Maria da Luz, representando um dos pontos altos do certame e onde o público teve a oportunidade de elaborar a sua própria tigelada e de a provar depois de sair do forno de lenha, um atelier inserido no projeto Beira Baixa Cultural cofinanciado no âmbito do Centro 2020, Portugal 2020 e Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional da União Europeia.

Os pequenos negócios locais do mel ou do artesanato, bem como as pequenas empresas também tiveram um lugar de destaque no certame. A animação de rua esteve a cargo dos «Kopinxas», «Baby Boom» e «Paprika Gourmet».

A XI Feira da Tigelada e do Mel, decorreu a 28 e 29 de outubro, no Parque Urbano Comendador João Martins, em Proença-a-Nova.