Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Informadouro

Somos mundo!

O nosso dever? Informar!

23.03.18

Câmara de Vouzela aplica dinheiro de conta solidária em animais e telhas


helena margarida

Município de Vouzela

A Câmara Municipal de Vouzela comprou telhas e animais com dinheiro da conta solidária criada no período pós incêndio de 2017 para dar resposta às despesas que não seriam objeto de apoio por parte de mecanismos públicos ou outros.

Começa assim a missão de devolver a "normalidade" possível a algumas famílias. Definiram-se prioridades e a autarquia decidiu comprar cinco vitelas, no valor de 7.687,50 euros (Iva incluído). Os animais já foram entregues nas freguesias de Ventosa e União de Freguesias de Cambra e Carvalhal de Vermilhas no passado dia 21 de março.

“Dar alento a quem tanto perdeu” diz a autarquia, um incentivo para “que a atividade pecuária no concelho não decresça”, mantendo o empenho na promoção e divulgação da Vitela de Lafões.

Esta foi apensa a primeira de mais entregas de animais que se seguirão noutros pontos do concelho e a outras famílias afetadas pelos incêndios de outubro que, recorde-se, mataram mais de 600 vacas, cabras e ovelhas em Vouzela.

Município de Vouzela

Para além dos animais, foram também adquiridas 100 mil telhas, no valor de 45.325,5 euros (Iva incluído), que estão a ser distribuídas com o objetivo de ajudar a reconstruir os currais destruídos.

23.03.18

Camélias em exposição nos Claustros da Câmara de Guimarães


helena margarida

Divulgação

A IX edição da Exposição de Camélias de Guimarães decorre este fim-de-semana, 24 e 25 de março, nos Claustros da Câmara Municipal. Uma mostra que pretende não só divulgar esta flor, mas também a valorização do património natural constituído por camélias de diferentes variedades.

Para além da exposição realizar-se-á ainda o concurso onde serão atribuídos quatro prémios para os melhores exemplares, bem como a venda de alguns exemplares de cameleiras e de produtos confecionados com camélias.

Este certame será uma oportunidade para se ficar a conhecer um pouco mais sobre esta espécie, também conhecida por “rosa japónica” ou “japoneira”, e que é considerada por muitos como a flor mais admirável dos nossos jardins.

Recorde-se que em paralelo com esta exposição decorrerá o evento Doçaria no Convento. A entrada é livre e as visitas estão abertas sábado e domingo, das 10 às 22 horas.

23.03.18

Regata Avis – Head of The Cork de regresso à Albufeira do Maranhão


helena margarida

Divulgação

A Albufeira do Maranhão, em Avis, recebe amanhã, 24 de março, a edição de 2018 da Regata Avis – Head of The Cork. Pelas 16h00 arranca a competição que permitirá aos campeões mundiais e olímpicos medir forças com os portugueses numa regata extensível a amadores e convidados. A edição deste ano terá em estreia, uma regata em remo adaptado, na distância de 1000m, com partida do lado contrário ao braço de Benavila.

A competição de 6 Kms, disputada na categoria de Absolutos, irá envolver um alargado conjunto de atletas de ambos os sexos e de várias nacionalidades, entre portugueses, noruegueses, alemães e dinamarqueses, oriundos das diversas seleções olímpicas dos respetivos países, como Olaf Tufte, campeão olímpico 2004, em Atenas, e, de novo, em 2008, em Pequim, Pedro Fraga e Nuno Mendes, campeões olímpicos 2012, em Londres, apostados em alcançar o título de Campeão Head of The Cork 2018.

A prova, com partida única do Braço de Benavila, poderá ser acompanhada num ecrã gigante instalado para o efeito junto do Complexo do Clube Náutico. Desta forma, o público presente não perderá nenhum momento dos 6 Kms que as embarcações de 1 (skiff) remador, terão de percorrer até cruzarem a meta.

Este evento desportivo será complementado por um espaço institucional e promocional onde estarão expostos diversos produtos tradicionais locais, nomeadamente os vinhos, o azeite, os enchidos, o pão, doçaria e licores.

Os três primeiros atletas individuais classificados irão receber um cabaz composto por estes produtos regionais.

23.03.18

Fluviário de Mora prepara-se para receber visitante 800 mil


helena margarida

Município de Mora

É já neste fim-de-semana, 24 e 25 de março, que o Fluviário de Mora deverá receber o visitante 800 mil.

A Câmara Municipal de Mora já fez saber que pretende assinalar a ocasião com um prémio surpresa e a oferta de um pack com dormida e refeições, proporcionado pelas unidades de alojamento e restaurantes locais, assim como a visita ao Fluviário de Mora e ao Museu Interativo do Megalitismo.

O Fluviário de Mora abriu portas a 21 de março de 2007. Começou por ser o único equipamento do género na Europa e o terceiro em todo o mundo. É, até à data, o maior projeto municipal construído no Alentejo. O principal motor de desenvolvimento do Concelho de Mora comportou um custo de 7,5 milhões de euros. Ocupa em área 3000 metros quadrados, estando situado no Parque Ecológico do Gameiro, em Cabeção, junto à margem da Ribeira de Raia.

Município de Mora

A construção deste equipamento visou a criação de um aquário público dedicado aos ecossistemas de água doce. A sua natureza científica, cultural e de lazer, para além de recriar o universo aquático, consolida uma vertente educativa e ambiental. Ao longo da visita são dados a conhecer os mais de 600 exemplares de 69 espécies de três continentes – Europa, Ásia e África – onde se enquadram, também, as afamadas lontras nacionais e asiáticas.

O Fluviário de Mora tem sido, ao longo dos seus 11 anos de história, galardoado com alguns prémios, dos quais se destacam o prémio de Melhor Museu Nacional, em 2007, e a Distinção Iniciativa atribuída em 2017 pela Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo.

23.03.18

Guimarães vive este fim-de-semana a Festa da Primavera


helena margarida

Divulgação

A partir de hoje, 23 de março e ao longo do fim-de-semana, 24 e 25 de março, há propostas de Conferências, música, workshops, feria de produtos biológicos, exposição de orquídeas, passeios e até yoga, na Festa da Primavera de Guimarães.

Um programa desenhado pelo Laboratório da Paisagem a pensar em todos os públicos.

A Comunicação e o Ambiente esteve em destaque esta manhã, uma conferência internacional que contou com alguns dos principais nomes do jornalismo ambiental a nível mundial, como Geofrey Lean e Richard Weydling. Pelas 21h30, atua o Atlantic Percussion Group, um projeto de percussão profissional sediado no CLAV-Centro e Laboratório Artístico de Vermil, em Guimarães, sob a direção musical dos Jovens percussionistas José Afonso Sousa e Tomás Rosa e a Direção Artística de Alberto Fernandes. Um conceito diferente que juntará o som à luz e projeção.

Divulgação

Amanhã, sábado, várias “Brigadas Verdes” de Guimarães terão um momento de partilha de ideias e boas-práticas, numa conferência que dará ainda a conhecer o projeto Loving the Planet, com a apresentação de Eduardo Rêgo.

A Festa da Primavera contará ainda outros dois projetos musicais vimaranenses, o Grupo de Hip Hop do Projeto de intervenção social Plano A E6G – Fraterna, e a Tuna da Universidade Sénior de Moreira de Cónegos. Ambos atuam na tarde de domingo, dia 25.

Ao longo do fim-de-semana haverá espaço de restauração e uma Feira de Produtos Biológicos e Tradicionais. O Laboratório da Paisagem receberá ainda ao longo do fim de semana uma Exposição de Orquídeas, com centenas de exemplares. Na mesma temática estão agendadas duas palestas, uma no sábado e outra no domingo.

Workshops, yoga para crianças, uma sessão de terapia do riso, teatro, ciência e um percurso em família, que poderá ser feito de bicicleta ou de forma pedonal, são outras das propostas para a quarta edição da Festa da Primavera.

 

23.03.18

Marinha Grande: EB Guilherme Stephens alvo de requalificação


helena margarida

Município da Marinha Grande

A Escola Básica Guilherme Stephens, na Marinha Grande, está a ser alvo de requalificação. Uma intervenção orçada em mais de 400 mil euros e prazo de execução de 150 dias.

A empreitada é executada no âmbito do Programa Operacional Regional do Centro 2020 e foi objeto de acordo de colaboração entre o Município e o Ministério da Educação que irá transferir para o município 26.470,59 euros, correspondente a metade do valor da contrapartida pública nacional da empreitada de requalificação da Escola.

As obras irão assegurar a acessibilidade a pessoas com mobilidade condicionada, garantir maior eficiência energética e acústica dos espaços interiores mais relevantes e possibilitar o início de um processo de reconversão global de funções em compartimentos tendentes às necessidades mais imediatas da comunidade escolar.

Será acrescentado o refeitório escolar; transferida a mediateca / biblioteca para o atual espaço polivalente. A intervenção contempla intervenção a nível de melhorar as condições térmicas, acústicas e estéticas, será introduzido um sistema mais eficiente de iluminação artificial LED e asseguradas novas valências do espaço interior existente como bar e papelaria.

Município de Marinha Grande

Para melhorar as condições de segurança e salubridade às atividades desportivas exercidas em recinto fechado, irá proceder-se à substituição integral de piso em soalho de madeira com várias décadas e da pintura interior global de paredes do pavilhão gimnodesportivo.

 

 

23.03.18

Entre março e novembro há “Cerveira Saudável” para descobrir


helena margarida

Divulgação

Um total de 16 iniciativas, entre março e novembro compõem o ‘Cerveira Saudável’ 2018. Uma iniciativa que alia o desporto ao bem-estar e o convívio à natureza promovendo sessões monitorizadas de exercício físico para todas as idades. A edição deste ano tem uma novidade: a realização do Caminho Português da Costa, entre Vila Nova de Cerveira a Santiago de Compostela, em seis etapas, aos segundos domingos de cada mês, com transporte do ponto de partida e o respetivo regresso.

A participação nas atividades necessita de inscrição online obrigatória, com um custo simbólico de 6 euros por etapa, limitada a 50 pessoas.

Da programação constam ainda seis trilhos pedestres que promovem a visita por algumas freguesias do concelho e respetivos pontos de interesse, nomeadamente o ‘Trilho da Gávea’, o ‘Trilho Alto Picoito’, a Ecopista do Rio Minho, o ‘Trilho Alto da Pena’, o ‘Trilho dos Engenhos e dos Folhões’, e o ‘Trilho da Carranca’ (com almoço vegetariano), para além de uma Caminhada Solidária a Favor da Liga Portuguesa Contra o Cancro. Está igualmente agendada uma sessão de danças de salão ao ar livre, uma experiência de remo e uma ação de sensibilização de combate à obesidade animal com provas físicas para os animais.

Todas as atividades do ‘Cerveira Saudável’ 2018 realizam-se aos sábados e/ou domingos. Os interessados devem fazer inscrição.

Cerveira Saudável 2018

Caminhos de Santigo de Compostela por etapas

23.03.18

Vila Real: Filandorra recria os últimos passos de Cristo


helena margarida

Divulgação

A Filandorra – Teatro do Nordeste, recuperando a tradição dos Autos da Paixão, vai levar às ruas de Vila Real no próximo dia 28 de março, os últimos momentos da vida de Cristo.

A Via Dolorosa percorrerá as ruas do centro histórico da cidade, com a dramatização de 16 quadros em espaços do património cultural e religioso, como a Sé Catedral, Museu da Vila Velha, Largo da Capela Nova, entre outros locais emblemáticos do centro histórico da cidade, terminando junto às cruzes da Igreja do Calvário. Este projeto envolve cerca de 100 pessoas entre atores profissionais, elementos dos Coros Marco Aurélio e figurantes populares.

O evento associa a vivência religiosa da Semana Santa à comemoração do Dia Nacional dos Centros Históricos e pretende atrair “a atenção dos turistas, particularmente oriundos da vizinha Espanha”, explica o Município de Vila Real que espera com este género de iniciativa “tirar partido de uma época do ano que não é particularmente forte em termos turísticos”. Para uma maior divulgação desta iniciativa o Município investiu na produção de um vídeo promocional que está a passar nos voos de longa duração da TAP e na Rede de Expressos Portugal/Espanha.

A Via Dolorosa vai já na segunda edição e resulta da parceria do Município com a Filandorra e os Coros Marco Aurélio.