Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Informadouro

Somos mundo!

05.11.18

Ribeira de Pena: Pena Aventura Park promove workshop sobre cogumelos


Bruno Micael Fernandes

Município de Ribeira de Pena

 

"Cogumelos na Ribeira" é o nome do workshop que pretende "ampliar os conhecimentos dos participantes ao nível da identificação e colheita de cogumelos, de modo a praticar a sua colheita com segurança e autonomia", refere a autarquia ribeirapenense. A ação, promovida pelo Pena Aventura Park, decorre a 18 de novembro. 

O workshop inclui um apresentação sobre "Caraterização e apanha de cogumelos silvestres", uma caminhada micológica e ainda uma sessão de identificação e triagem dos cogumelos colhidos durante a caminhada. 

As inscrições são obrigatórias até ao dia 15 de novembro através do telemóvel +351 969 181 888 ou do email parque.ambiental@cm-rpena.pt. A participação tem um custo de 17 euros e é limitada a uma máximo de quarenta pessoas.  

05.11.18

Arcos de Valdevez: Município assinala aniversário do Armistício da I Guerra Mundial


Bruno Micael Fernandes

Município de Arcos de Valdevez

A autarquia de Arcos de Valdevez vai assinalar os 100 anos da assinatura do Armistício da I Guerra Mundial com diversas ações públicas. As comemorações decorrerão no dia 11 de novembro. 

Para além de uma missa em memória dos "Soldados Arcuenses tombados na I Guerra Mundial" na igreja de São Paio, do programa consta também a inauguração de um memorial a esses mesmos Soldados junto à rotunda da N202 e da avenida António Caldas (São Paio), a apresentação oficial do livro "Os Arcuenses na 1.ª Grande Guerra" de Jorge Pires e Manuel Rodas e a exibição do filme "O Soldado Milhões". 

A participação nestas ações é gratuita. 

05.11.18

Barcelos: Mulher que se lançou com o filho ao rio Cávado com pena reduzida


Bruno Micael Fernandes

Rádio Barcelos/Direitos Reservados

A mulher que se lançou ao rio Cávado com o filho ao colo, no passado mês de junho de 2016, viu a sua pena ser reduzida de dez para sete anos de prisão efetiva. A informação foi confirmada pela Procuradoria-Geral Distrital do Porto numa nota publicada esta segunda-feira no seu site. 

A decisão foi tomada  no passado dia 18 de setembro pelo Supremo Tribunal de Justiça que "concedeu parcial provimento ao recurso interposto por uma arguida, atenuando especialmente a pena de prisão que lhe fora imposta pela prática do crime de homicídio", pode ler-se. Apesar da pena ser reduzida, mantém-se o "internamento em estabelecimento destinado a inimputáveis pelo tempo correspondente à pena e enquanto o regime dos estabelecimentos prisionais comuns se mostrasse prejudicial à condenada face à anomalia psíquica de que padece". 

Recorde-se que a mulher atirou-se da Ponte de Sta.Eugénia, que liga a cidade à freguesia de Rio Covo Sta.Eugénia, levando o filho ao colo. A mulher foi resgatada com vida por populares. O corpo do filho foi regatado do rio no dia seguinte já sem vida. 

05.11.18

Vila Real com 45 milhões de euros de Orçamento e Grandes Opções do Plano para 2019


helena margarida

Divulgação

O executivo municipal de Vila Real já deu a conhecer o Orçamento e as Grandes Opções do Plano para 2019. Serão 45 milhões de euros para qualificação e regeneração do espaço urbano e inovação da mobilidade urbana, representadas por um conjunto de intervenções “que concretizam progressivamente uma estratégia de revitalização urbana e ambiental, aprofundando os processos de transformação estética e funcional do núcleo urbano e dos espaços públicos” informa a autarquia em comunicado.

Também o espaço rural continuará a ser alvo de fortes investimentos, quer ao nível das pavimentações e dos acessos rodoviários, quer ao nível do alargamento da cobertura de saneamento básico.

O investimento estará ainda direcionado para um conjunto de atividades no quadro das políticas de natureza social e económica, nomeadamente apoio à educação, às famílias e ao associativismo desportivo, cultural e social que será  “incrementado, assegurando as parcerias que o Município tem vindo a gerar com a sociedade”.

Destaque ainda para a construção do novo Centro de Proteção Civil no aeródromo de Vila Real, o novo pavilhão de acolhimento empresarial, a adaptação do edifício para instalação da Loja do Cidadão, ou o arranque do projeto das Piscinas Municipais.

O Orçamento para 2019 apresenta um montante global de 45 milhões de euros, representando um aumento em relação ao orçamento inicial de 2018. A subida do valor do orçamento deve-se essencialmente às despesas e receitas de capital, que representam investimento no concelho. Do lado da despesa a subida é de 5.400.000€ e do lado da receita a subida é de 5.866.000€, relativamente ao ano anterior. “Esta acentuada subida é decorrente do sucesso da aprovação de candidaturas a fundos comunitários, que significarão a criação de obra física e infraestruturas em prol de Vila Real e dos Vila-realenses”.

05.11.18

Lisboa: incêndio em hotel no centro da cidade provoca quatro feridos ligeiros


Bruno Micael Fernandes

Diário de Notícias/Direitos reservados

Um incêndio num hotel da Praça da Figueira, em Lisboa, provocou quatro feridos. Nove viaturas e 28 bombeiros estão no local. 

O incêndio ocorreu no spa, que se localiza no topo do prédio, sendo que o jornal Observador avança que a origem terá sido numa "resistência". O último andar terá ficado totalmente destruído, segundo declarações do responsável do hotel citadas em vários meios. 

"Recebemos o alerta para um incêndio num hotel na Praça da Figueira pelas 17h34. O hotel em causa foi evacuado", referiu fonte do Regimento de Sapadores Bombeiros em declarações citadas pelo mesmo jornal.

O incêndio causou quatro feridos, todos eles funcionários do hotel. As vítimas são três mulheres e um homem, sendo que três delas foram transportadas para o hospital de S.José devido a inalação de fumos. 

O fogo já está circunscrito, mas não dominado, e não há perigo de se alastrar a outros prédios. Os hóspedes irão passar a noite noutra unidade hoteleira nas redondezas. A gerência do hotel espera reabrir as portas ainda esta noite ou amanhã de manhã. 

05.11.18

Mondim de Basto: Orçamento para 2019 é de mais de 13 milhões de euros


Bruno Micael Fernandes

Município de Mondim de Basto

O orçamento do município de Mondim de Basto já foi aprovado em reunião de Câmara, informou a autarquia. 

Em comunicado enviado às redações, é referido que o orçamento é 13 009 000 euros, sendo que o empréstimo contraído em 2010 "para pagar a dívida herdada do executivo anterior" continua a ter "um peso elevado no serviço da dívida", sendo que estão distinados 1.7 milhões de euros em juros e amortizações. 

Apesar disso, 2 milhões e quinhentos mil euros do orçamento estão destinados à modernização da escola EB 2,3/S e o outros 2 milhões e 400 mil estão destinados ao "alargamento da rede de saneamento básico na freguesia de Mondim". Outros investimentos que a autarquia planeia realizar têm que ver com o "investimento no combate ao insucesso e abandono escolar" para o qual estão destinados 179 mil euros euros; a "reabilitação e ampliação da Casa da Cultura" cujo custo será de 1 milhão e 26 mil euros; "instalação da Casa das Memórias de Ermelo" para a qual está destinada a verba de 105 mil euros ou a "reabilitação energética do pavilhão gimnodesportivo municipal" que custará 326 mil euros. 

Para além disso, parte do orçamento destinar-se-á "a fazer face aos vários programas de cariz social que o município implementa anualmente no concelho", para além de outros programas na educação, associativismo e infraestruturas como a "pavimentação da EM 312", a "Casa Mortuária de Mondim de Basto" ou "a construção de uma pista de downwill na Senhora da Graça". 

A taxa de IMI, neste orçamento, mantém-se nos 0,3% para, no entender do município, "não afetar o rendimento disponível das famílias do concelho". 

05.11.18

Sátão: Mais de uma centena de crianças e adultos festeja o dia das bruxas


Bruno Micael Fernandes

Município de Sátão

A Biblioteca Municipal de Sátão acolheu a festa de halloween com várias atividades para miúdos e graúdos. A noite de 31 de novembro foi preenchida com hora do conto, música, dança e jogos. 

Mais de uma centena de pessoas estiveram presentes nesta festa num espaço que se vestiu "a preceito". 

"A Biblioteca Municipal de Sátão pretende continuar com a realização destas iniciativas que, para além de envolverem os participantes num ambiente totalmente mágico, também os incentiva para a leitura de livros", refere a autarquia em comunicado.