Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Informadouro

Somos mundo!

O nosso dever? Informar!

Direitos Reservados

 

Dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), em 2017, demonstram que o ano de 2016 continuou a ser positivo na área turística, havendo também um crescimento acentuado de exportações de bens, por empresas do Concelho de Bragança.

Quanto ao turismo, registaram-se taxas de crescimento acima da média nacional e da região Norte, pelo segundo ano consecutivo. O número de dormidas no concelho obteve um crescimento de 19,63% face ao mesmo período do ano anterior, sendo que o crescimento na região Norte foi de 14,11% e 11,40% em todo o território nacional.

No que diz respeito ao número de hóspedes houve, em 2016, um crescimento de 14,17%, o que representa 48,12% da NUT III, Terras de Trás-os-Montes, e 1,46% da Região Norte. Dados que reforçam a liderança regional do concelho de Bragança.

É ainda de salientar o aumento dos proveitos das Unidades Hoteleiras do Concelho de Bragança, no período de 2015 para 2016, de 19,17% (+460 mil euros).

Nos últimos quatro anos, o Município de Bragança investiu na promoção territorial de Bragança, através de diferentes ações, realizadas em Portugal e Espanha e, ainda, na realização e acolhimento de eventos marcantes. Tudo isto com o objetivo de atrair mais turistas e criar riqueza, promovendo e afirmando o território para valorizar a identidade local e divulgar as potencialidades dos recursos endógenos de Bragança.

 

 

 

Já a nível de exportações, registou-se um crescimento acentuado de 6,29%, ou seja, de 35.51 milhões de euros. Este valor foi superior à evolução das exportações portuguesas de bens (que nesse ano cresceram 0.39%) e da região norte (com crescimento de 5,81%).

Também a Balança Comercial de bens teve uma evolução positiva, com um saldo positivo de 74,09 milhões de euros. Bragança, no ano de 2013, representava 1,16% das exportações da Região Norte, e em 2016 representou 2,93%, sendo o 16.º concelho mais exportador da região norte.

Em termos regionais, Bragança exportou 94,60% da NUT Terras de Trás-os-Montes, 81,53% das NUTS Terras de Trás-os-Montes e Douro (28 Municípios) e 6 vezes mais que a NUT Douro (19 Municípios).