Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Informadouro

Somos mundo!

O nosso dever? Informar!

15.05.18

Bússola apontada para Norte para o WRC Vodafone Rally de Portugal


helena margarida

Direitos Reservados

O Vodafone Rally de Portugal começa oficialmente esta quinta-feira, 17 de maio, em Guimarães, com o Castelo da cidade como cenário. Os pilotos irão chegar ao parque fechado durante a tarde e entre as 17h25 e as 17h45, decorrerá uma sessão de autógrafos numa das tendas do recinto.

Município de Guimarães

O primeiro carro da edição deste ano vê “luz verde” às 18h10, no Campo de São Mamede, de onde irão sair os 88 carros inscritos em direção ao centro da cidade para um “cumprimento” simbólico à estátua de D. Afonso Henriques.

Os carros de competição vão percorrer ainda alguns dos locais mais emblemáticos da cidade, desde o Largo da Mumadona, Avenida Alberto Sampaio (Muralha), Alameda de São Dâmaso e Largo do Toural, cuja praça será contornada pelos pilotos em direção à Avenida D. Afonso Henriques, seguindo para Urgezes com destino à autoestrada (A11).

De sublinhar que o primeiro dia de prova, começa em Paredes com o Shakedown, o derradeiro teste para os pilotos e os carros, antes da cerimónia de partida oficial em Guimarães.

Direitos Reservados

A classificativa de abertura está marcada para as 19h30 na pista de Lousada onde irá acontecer a única Super Especial do rally, o primeiro momento de competição da prova. O primeiro dia de troços de terra faz-se na zona Norte, junto a Espanha, com três “especiais” percorridas sexta-feira, 18 de maio, no distrito de Viana do Castelo. A edição é disputada quase toda nos troços do Alto Minho, com dupla passagem pelos troços de Viana do Castelo, Caminha e Ponte de Lima, todos eles a sem alterações face ao ano anterior. O dia terminará no centro da cidade do Porto com duas classificativas. O Porto Street Stage surge com um percurso renovado, dois anos após a estreia.

Direitos Reservados

O dia de sábado arranca com a classificativa de Vieira do Minho, seguindo para Cabeceiras de Basto, na Serra da Cabreira, e, como é já tradição, a incontornável classificativa de Amarante, que com os seus 37,6 km, volta a ser a Especial mais longa e uma das mais exigentes do rally.

O último dia de prova é uma homenagem do Rally de Portugal e do Automóvel Club de Portugal ao concelho de Fafe, palco de todos os troços de domingo. A cerimónia de pódio volta a ter lugar na Marginal de Matosinhos.

Direitos Reservados

Ogier chega a Portugal na liderança do Mundial e em posição única para bater o recorde de cinco vitórias de Markku Alen, e reforçar a sua liderança no Mundial de Pilotos. Já Pontus Tidemand chega ao Norte de Portugal com uma vantagem de 18 pontos no topo da classificação do campeonato FIA WRC 2 e aposta no dilatar dessa vantagem face ao rival checo Jan Kopecky.

Direitos Reservados

O Hyundai Shell Mobis World Rally Team lidera o Campeonato de Construtores, com 15 pontos de vantagem face à M-Sport Ford World Rally Team, com a Toyota Gazoo Racing em terceiro lugar e a Citroen Total Abu Dhabi World Rally Team já a grande distância, em quarto.

O Rally de Portugal foi pela primeira vez para a estrada em 1967 com o Automóvel Clube de Portugal “ao volante”. O então Rally TAP foi uma competição que rapidamente ganhou prestígio internacional a ponto de seis anos depois, ter feito parte do primeiro Campeonato do Mundo de Ralis.

Direitos Reservados

O Rally TAP, mais tarde Rally de Portugal, percorreram quilómetros de sucesso no palmarés do Mundial, tendo sido considerado por cinco vezes o “Melhor Rally do Mundo” e em 2000 ter sido distinguido com o prémio de “Rali com Melhor Evolução do Ano”.

Depois da FIA ter retirado do calendário do Mundial a prova lusa, o rally havia de voltar à estrada em 2007 tendo o Algarve como cenário. Fruto da rotação das provas no calendário do Mundial, o Rally de Portugal esteve ausente do WRC em 2008, mas voltou em 2009 tendo sido muito elogiado.

Direitos Reservados

Durante dez anos o rally fez-se pelas estradas do Algarve e baixo Alentejo regressando à região de Entre Douro e Minho em 2015. O Vodafone Rally de Portugal regressou ao Norte do País com um grande sucesso estrondoso e um nível de competitividade impressionante, como se verificou em 2017, ano em que se assinalou o 50º Aniversário do Rally de Portugal e onde foram firmados vários recordes.