Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Informadouro

Somos mundo!

03.03.19

Castelo Branco: Reclusos tentam fugir da cadeia por um buraco na parede


Bruno Micael Fernandes

matthew-ansley-1189637-unsplash.jpg

Os serviços de vigilância do Estabelecimento Prisional de Castelo Branco terão conseguido impedir uma fuga de reclusos quando estes terão tentado abrir um buraco numa parede. 

Segundo o Jornal de Notícias, os guardas prisionais detetaram o buraco num cela onde estavam dez reclusos. Júlio Rebelo, do Sindicato Independente da Guarda Prisional, referiu ao matutino que os guardas "agiram de imediato, impedindo uma eventual fuga" prevista para a hora do jogo de futebol entre o F.C. Porto e o S.L. Benfica. 

Dois dos reclusos que participaram neste plano foram transferidos para a cadeia de Monsanto. 

Diretora e chefe da cadeia "não estão preocupados com a segurança" - SNCGP 

Apesar da fuga ter sido impedida, levou a que  houvesse a um reforço da segurança na ala da camarata em causa. No entanto, à hora em que foi detetado o buraco, não havia guardas suficientes na cadeia, denuncia Jorge Alves do Sindicato Nacional do Corpo da Guarda Prisional (SNCGP) à Rádio Renascença. "Depois de detetado o buraco, para fazer busca à camarata e para transferir os reclusos, foi preciso convocar guardas. Assim se vê a diminuição do efetivo", denuncia o presidente do sindicato, indicando também que o chefe de turno " estava a auxiliar na revista das pessoas e na sua entrada para a visita, devido à falta de pessoal". 

Para Jorge Alves, esta "é uma política da casa, da diretora e do chefe da cadeia, que não estão preocupados com a segurança e, depois, leva a este tipo de situação", relembrando o caso "peculiar" de três reclusos que, em 2013, fugiram pela porta principal deste estabelecimento prisional, tendo ferido e manietado três guardas prisionais. "Nunca vimos (esta situação) em lado nenhum mas aconteceu", lamenta. 

Até ao momento, não há nenhuma reação oficial da direção da cadeia de Castelo Branco.