Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Informadouro

Somos mundo!

11.05.18

Feira Medieval Ibérica de Avis recria reinado de D. João I, O de Boa Memória


helena margarida

Divulgação

O município de Avis vai viajar no tempo este fim-de-semana, 11, 12 e 13 de maio, até ao reinado de D. João I, O de Boa Memória, consagrado Grão-Mestre da Ordem de Avis, em 1364, e aclamado Rei de Portugal nas Cortes de Coimbra de 1385.

Dava-se assim início à Dinastia de Avis, momentos que irão ser reconstituídos na Feira Medieval Ibérica onde, trajados a rigor, desfilarão reis e princesas, jograis, nobres e mendigos, cavaleiros, almocreves, alcoviteiras e bobos da corte. Haverá os sabores da época para provar nas tavernas e locandas, onde os comeres são fartos e os beberes abundantes.

Divulgação

“Da Ordem de Avis à Vila de Avis: Quadros de uma História” foi a temática da conferência que decorreu esta tarde no CIOA, seguir-se-á a Eleição de D. Fernão Rodrigues Sequeira, Mestre da Ordem de Avis, no Teatro de Fogo, numa evocação da Batalha dos Atoleiros. Do cartaz faz parte ainda a Exposição “Elmo e Espada de D. João I” e um Torneio de armas a cavalo para agraciamento à Ordem de Calatrava.

Três dias de feira onde se irá ficar a saber as notícias que correm sobre a Conspiração do Mestre de Avis e Nuno Álvares Pereira para assassinar o Conde Andeiro e também sobre os Sucessos do Mestre no Minho e nas Beiras, que culminaram com a vitória em Trancoso e Aljubarrota. Oportunidade também para ficar a conhecer as Estórias e Lendas das Terras de Avis.

Aproveite para entrar no espírito medieval fazendo parte dos Festejos Populares do Tratado de Windsor, do Cortejo de D. Leonor Teles, da Arruada Musical pelas ruas do burgo e do Cortejo Nupcial e Esponsais de D. João I e D. Filipa de Lencastre. Participe nas Danças e folias, nas Bailias dos Anciãos comemorando a morte do Conde Andeiro e nas movimentações de apoio à causa do Mestre de Avis e à aclamação de D. João I como Rei. Descubra o ambiente que traz a Idade Média até esta Vila do reino de Portugal e a enche de animação.

Obrigatório também será assistir ao arraial medieval que transforma o centro histórico da Vila num burgo dos séculos XIV e XV.