Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Informadouro

Somos mundo!

O nosso dever? Informar!

15.05.18

Município de Mondim de Basto vai comparticipar medicamentos a pessoas carenciadas do concelho


helena margarida

Município de Mondim de Basto

O Município de Mondim de Basto e Associação Dignitude assinaram um protocolo de colaboração com o objetivo de comparticipar a compra de medicamentos a pessoas do concelho que, comprovadamente, se apresentem numa situação de carência económica.

O compromisso assumido pela autarquia é de, anualmente, contribuir financeiramente para o Programa abem: Rede Solidária do Medicamento, com o valor de 10 mil euros. “Com a implementação deste programa vai ser possível suprimir as situações que demasiadas vezes se verificam, das pessoas terem que optar por um medicamento, em detrimento de outro, por não terem condições financeiras para o adquirir”, explicou o presidente da Câmara, Humberto Cerqueira.

A autarquia será ainda responsável pela referenciação e inscrição dos beneficiários neste programa, que deverão reunir alguns requisitos específicos, nomeadamente, residir no concelho de Mondim de Basto há pelo menos 1 ano e possuir um rendimento per capita do agregado familiar inferior a 50% do Indexante dos Apoios Sociais.

Os beneficiários integrados no Programa abem serão portadores do cartão abem e poderão adquirir os medicamentos abrangidos pela comparticipação, numa das farmácias do concelho, que se vão associar a este projeto.

Prevê-se que esta medida seja implementada durante o 2º semestre deste ano.

A Dignitude é uma Instituição Particular de Solidariedade Social, sem fins lucrativos, que é responsável pelo desenvolvimento, operacionalização e gestão do Programa abem: Rede Solidária do Medicamento. Este programa tem por objetivo garantir o acesso ao medicamento por parte de qualquer cidadão que se encontre numa situação de carência económica, que o impossibilite de adquirir os medicamentos comparticipados que lhe sejam prescritos por receita médica.