Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Informadouro

Somos mundo!

O nosso dever? Informar!

28.10.18

Vila Real: Ponte Metálica volta a ter dois sentidos mas com novas regras de circulação


helena margarida

Município de Vila Real

A partir de amanhã, dia 29 de outubro, a Ponte Metálica de Vila Real volta a ter dois sentidos alternados. Uma medida apresentada e aprovada na última reunião do executivo municipal.

Para tal a Câmara Municipal instalou um semáforo na zona do Colégio da Boavista que, articulado com o semáforo existente no “cruzamento da Areias”, permitirá gerir o tráfego na Ponte Metálica, “ajustando-o às flutuações de tráfego mais significativas que ocorrem num período de 24 horas”, informa a autarquia vilarealense em comunicado.

No período compreendido entre as 8h15 e as 14h30, a ponte metálica passará a funcionar apenas no sentido poente nascente. No período complementar, ou seja, entre as 14h30 e as 8h15 do dia seguinte, a ponte metálica passará a funcionar nos dois sentidos.

Recorde-se que a Câmara Municipal de Vila Real introduziu, em agosto, a título experimental, o sentido único na ponte com vista à monitorização do desempenho desta medida no que respeita à diminuição do congestionamento de trânsito que se fazia sentir em determinadas horas no centro da cidade. Uma medida bastante contestada pelos munícipes que, diariamente, nas redes sociais, publicavam fotografias dos engarrafamentos no trânsito, atribuindo tal cenário às alterações na ponte metálica.

Em comunicado, a autarquia vem agora esclarecer que a medida permitiu aferir o desempenho do tráfego em três momentos distintos e com algum significado: no período das férias escolares, na abertura do ano letivo nas escolas do ensino básico e secundário e, finalmente, na abertura do ano letivo da UTAD.

Feita que foi a necessária monitorização e avaliação de desempenho, concluiu-se que “as filas de tráfego que se formavam na avenida 1º de maio, essencialmente na ponta da manhã e entre as 12H30 e as 14H30 desapareceram por completo”. Em contrapartida verificou-se “um acréscimo de tráfego na avenida da europa, nas duas pontas diárias, como resultado natural da supressão da travessia nascente-poente na Ponte Metálica”.

Perante estas conclusões, a autarquia diz ter sido necessário encontrar uma solução de compromisso que permita, “por um lado, garantir a continuidade da ausência das filas de espera na avenida 1º de maio e, por outro, contribua para atenuar o volume de trafego mais significativo existente na avenida da europa, que é o de nascente/poente”.

Na procura dessa solução permanecerão os serviços de planeamento e mobilidade municipais que irão continuar, entretanto, a monitorizar os resultados decorrentes da nova alteração anunciada para amanhã, segunda-feira, “com vista à sua avaliação e subsequentes medidas que possam vir a ser tomadas”.