Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Informadouro

Somos mundo!

18.11.18

Quercus desafia alunos a protagonizarem reportagens na escola sobre consumo eficiente de água


helena margarida

DivulgaçãoSer guionistas e repórteres na própria escola sobre oportunidades e desafios na poupança de água é o desafio lançado pela Quercus a cerca de 400 alunos do 8º e 9º ano do Ensino Básico e do 10º ano do Ensino Secundário dos Agrupamentos de Escolas de Redondo (Évora) e de Tondela - Tomaz Ribeiro (Viseu), no âmbito do projeto “Quanta água podes poupar num minuto?”, apoiado pelo Fundo Ambiental.

Com base em materiais pedagógicos preparados pela Quercus, e com orientação dos docentes, os alunos participantes vão escrever os seus guiões e apresentar vídeo-reportagens de 1 a 3 minutos sobre o potencial de poupança de água na sua escola.

A ideia é utilizar como base de cálculo o tempo de um minuto, aplicado a vários contextos e espaços associados ao consumo de água: sanitários; duches/balneários; cantina/cozinha; horta/jardim ou bebedouros.

O objetivo principal deste projeto é sensibilizar a comunidade escolar para a urgência de fazer um consumo racional, consciente e responsável da água no quotidiano, algo que ganha especial relevância após a situação de seca extrema e severa que o país atravessou em 2017 e no início de 2018.

Por outro lado, pretende-se apostar em localidades do interior do país, que por norma têm menos visibilidade. Acresce ainda que, segundo dados oficiais, Évora é a cidade com maior capitação de água consumida (por habitante e por dia) considerando apenas o setor doméstico.

Tendo em mente os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030, em particular as metas estabelecidas pelo ODS#6 (“Garantir a disponibilidade e a gestão sustentável da água potável e do saneamento para todos”), pretende-se o projeto contribua para integrar estes temas prioritários nos programas curriculares e mostrar como o cumprimento destas metas está diretamente ligado à nossa capacidade de adotar hábitos de gestão, consumo e regeneração mais responsáveis deste recurso essencial.

Os vídeos finais serão publicados no site oficial do projeto e servirão como guias de poupança de água em cada escola, servindo de matriz para outras instituições de ensino.