Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Informadouro

Somos mundo!

05.02.19

Quercus lança Wasteapp


helena margarida

Divulgação

A Quercus lança a aplicação Wasteapp que vai ajudar todos os Portugueses a separar o lixo em casa. Esta ferramenta inovadora, pode ser consultada, de forma fácil, nas diferentes plataformas digitais e simplificará a tarefa de separação de resíduos e a colocação dos mesmos nos diferentes ecopontos de forma correta.

“O lançamento desta nova ferramenta reflete o esforço da Quercus em melhorar os níveis de reciclagem dos portugueses, através da informação e da ajuda prática, combatendo aquilo que, a nosso ver, tem vindo a ser refletido em números que mostram um suposto desinteresse que mais não é do que desconhecimento“ refere Carmen Lima, Coordenadora para os Resíduos da Quercus e acrescenta: “Os Portugueses preocupam-se cada vez mais com o ambiente, querem reciclar mas não sabem fazê-lo corretamente. Tal ficou demonstrado no resultado de um inquérito por nós elaborado, aquando do desafio “40 dias sem plástico”.

Wasteapp, desenvolvida em parceria com a Fundação Vodafone, está disponível nas versões iOS e Android, para smartphone, tablet e computador, podendo ser descarregada gratuitamente a partir das Lojas AppStore e GooglePlay.

Muito fácil de utilizar, permite esclarecer qual o ecoponto certo para os lixos domésticos, bem como o local mais próximo onde entregar os seus eletrodomésticos avariados ou outros resíduos específicos ou de grande dimensão, com indicação geográfica através de gps. Poderá encontrar o destino a dar a cerca de 50 tipologias de resíduos diferentes.

Todos os dias cada Português produz uma média de 1,32 kg de lixo, contribuindo para uma produção anual de 4,75 milhões de toneladas de resíduos urbanos. Apenas 16,5% do total de resíduos produzidos em Portugal são encaminhados para os ecopontos, um valor muito baixo que dificulta a tarefa de separar os diversos materiais e encaminhá-los para reciclagem, como se reflete na taxa de tratamento do lixo, ou seja, quanto menos separarmos mais pagamos.

De acordo com a Quercus, "a nossa realidade atual é uma necessidade de tratar 83,5% de resíduos todos misturados, dos quais temos que retirar materiais para reciclar e valorizar, tendo à nossa frente uma meta de reciclagem – reciclar 50% do lixo até 2022. É uma tarefa quase impossível porque atualmente a nossa reciclagem está na ordem dos 38%". Para o futuro "esperam-nos metas mais ambiciosas, pois em 2035, temos que reduzir a deposição em aterro de 32% para apenas 10% e aumentar a reciclagem para 65%", sublinha a associação ambientalista.

Conheça a Wasteapp no site oficial