Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Informadouro

Somos mundo!

O nosso dever? Informar!

05.11.18

Vila Real com 45 milhões de euros de Orçamento e Grandes Opções do Plano para 2019


helena margarida

Divulgação

O executivo municipal de Vila Real já deu a conhecer o Orçamento e as Grandes Opções do Plano para 2019. Serão 45 milhões de euros para qualificação e regeneração do espaço urbano e inovação da mobilidade urbana, representadas por um conjunto de intervenções “que concretizam progressivamente uma estratégia de revitalização urbana e ambiental, aprofundando os processos de transformação estética e funcional do núcleo urbano e dos espaços públicos” informa a autarquia em comunicado.

Também o espaço rural continuará a ser alvo de fortes investimentos, quer ao nível das pavimentações e dos acessos rodoviários, quer ao nível do alargamento da cobertura de saneamento básico.

O investimento estará ainda direcionado para um conjunto de atividades no quadro das políticas de natureza social e económica, nomeadamente apoio à educação, às famílias e ao associativismo desportivo, cultural e social que será  “incrementado, assegurando as parcerias que o Município tem vindo a gerar com a sociedade”.

Destaque ainda para a construção do novo Centro de Proteção Civil no aeródromo de Vila Real, o novo pavilhão de acolhimento empresarial, a adaptação do edifício para instalação da Loja do Cidadão, ou o arranque do projeto das Piscinas Municipais.

O Orçamento para 2019 apresenta um montante global de 45 milhões de euros, representando um aumento em relação ao orçamento inicial de 2018. A subida do valor do orçamento deve-se essencialmente às despesas e receitas de capital, que representam investimento no concelho. Do lado da despesa a subida é de 5.400.000€ e do lado da receita a subida é de 5.866.000€, relativamente ao ano anterior. “Esta acentuada subida é decorrente do sucesso da aprovação de candidaturas a fundos comunitários, que significarão a criação de obra física e infraestruturas em prol de Vila Real e dos Vila-realenses”.